TORNEIO DE BIRIBA 96 – Ana Machulis

0
2921
Ana Machules

TORNEIO DE BIRIBA 96

Ana Machulis

Sexta-feira, 6/9/96, fazemos a contagem regressiva para a viagem de 1 hora e meia para Coruripe. Malas arrumadas, euforia geral, iniciamos a jornada.

Fico feliz, afinal vai ser meu primeiro campeonato de biriba e também pelo encontro familiar que teremos.

Chegamos. A maioria já se encontra na casa. Ocupamos um dos quartos e fomos para o sorteio das duplas. Fernando brinca muito e faz com que as pessoas fiquem curiosas quanto ao sorteio. Fico na expectativa quanto ao meu parceiro(a). Afinal o escolhido será vital para a minha vitória.

Pronto, minha companheira de luta será Lurdinha. Vibramos, afinal fizemos um pacto de sermos gentis e compreensivas com os futuros erros.

Já temos as duplas: Ana Lúcia/Betinho; Cláudio/Lucy; Fernando/Juracy; Marquinhos/Miguel Jr; Miguel/Ivonete; Williams/Ilda; Vânia/Marcinho; Silvares/Ivanildo; Abel/Suely.

A partida começa quente. Mesas ocupadas por todos os lados. O zun-zun-zun se faz presente. Lurdinha e eu iniciamos cheias de esperanças. Pronto:  a nossa partida está perdida. Primeira derrota. Observo as outras mesas. Uns já se encontram nervosos, principalmente o Cláudio, que reclama muito de sua parceira. Afinal, o vizinho é sempre vizinho; polêmico, batalhador e joga com sangue. Abel, que não pôde jogar naquele instante por falta de sua parceira que não tinha chegado, faz as anotações, narra tudo o que acontece e faz os comentários do dia com precisão.

Estamos ansiosos. A festa rola num ambiente gostoso, cheio de carinho e muita simplicidade.

 

As disputas continuam. Estamos em plena competição. Os nervos se agitam; o sangue esquenta; no ar respira-se desejo de vitória; ninguém quer perder. As duplas ficam firmes no seu propósito – vencer, vencer, vencer; ganhar os troféus que foram doados pelo Francisco Júnior, o candidato a vereador que abraçou a nossa causa.

Estamos em ritmo de festa. Ânimos acelerados. Ficamos no maior suspense.

As duplas começam a se definir. Betinho e Ana Lúcia ganham do Fernando e Juracy que antes ganharam de outras duplas. A disputa continua na busca da reta final. Aí se materializa com Cláudio/Lucy versus Marquinhos/Miguel Jr, disputando pau a pau. Suspense: quem vai ganhar?

Estamos ansiosos. A festa rola num ambiente gostoso, cheio de carinho e muita simplicidade.

Paro. Converso com um e outro e me afino. Nesta família que me conquistou, sinto-me firme e feliz. Que família arretada! Família cheia de emoções, carisma e união pra ninguém botar defeito!

Como foi bom vir morar aqui em Alagoas! Além de poder morar num Estado tão bonito e acolhedor, ter a felicidade de desfrutar desse carinho e calor humano tão especiais! É maravilhoso! Obrigado, Senhor! – para lembrar o meu escritor predileto Paulo Coelho, inclusive no seu último livro “O Monte Cinco”.

Voltando ao campeonato, a disputa chega ao estágio de decisão. Marquinho/Miguel Jr. acabam de vencer os imbatíveis  Cláudio/Lucy. O contentamento é grande. A euforia é geral. E a surpresa: quem diria que os invictos iriam perder!

Festa geral. Abel registra tudo com a filmadora e máquina fotográfica.

Chegamos ao final. Em clima de muita alegria foram entregues os troféus e partimos para um saboroso almoço fornecido por Ana Lúcia.

Que final de semana arretado…!

 

 

BANKA JÚNIOR – O SEU CONCEITO EM LEITURA

TERMINAL RODOVIÁRIO          – BOX 02 =  PR. MANOEL ANDRÉ, Nº 01 CENTRO

CRED BANKA – CRED CARD – DISK REVISTA – 985-1565

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

*