2014 – 11º Abel Magalhães – A vida secreta de Fidel

0
29569

A vida secreta de Fidel

Autor: Juan Reinaldo Sánchez, Axel Gyldén e Julia Simões

180 páginas

Descrição do produto

“Poucos estiveram tão perto ou souberam da vida do líder máximo de Cuba quanto Juan Reinaldo Sánchez, seu guarda-costas pessoal. Ao longo de dezessete anos, ele foi responsável pela segurança de Fidel, mas também testemunha de seus relacionamentos, de sua vida em família, de suas horas de lazer, de suas estratégias políticas, entre outras tantas coisas. Até as revelações de Sánchez, poucos sabiam que Fidel tinha uma ilha deserta paradisíaca para onde levava a família e poucos convidados – num belo iate ou em seu helicóptero – ou então quais eram seus hábitos alimentares, baseados principalmente em alimentos orgânicos.

Em parceria com Axel Gyldén, repórter da revista francesa L’Express, Sánchez nos revela segredos de Estado e as múltiplas faces do ditador cubano, a partir de fatos que presenciou e que expõe sem julgamentos. Esse testemunho nos leva a reconsiderar tudo que sempre foi dito sobre Cuba e sobre Fidel Castro” – Enfoque da Amazon.

Está aí um belo resumo da editora sobre esta grande obra. Ela é feita de tal maneira que o leitor quando começa não quer parar. O personagem central é um ditador dos mais perigosos que existem no mundo. Dissimulado, arisco, habilidoso e cheio de artimanhas, ninguém imagina que Fidel Castro seja capaz do muito que fez (no sentido do mal). Passa a imagem de um homem justo, mas na prática não é. Leva uma vida de grandola e persegue o domínio territorial por toda parte. Além de não se contentar com o próprio país, estende-se à América Latina; ultrapassa o continente e se projeta pelo mundo afora, alimentando a sede insaciável de domínio territorial. Permanentemente executa cursos de guerrilhas e exporta tais ensinamentos para o mundo todo. Inúmeros brasileiros lá estiveram recebendo os citados ensinamentos e tem feito tudo para implantar um regime ditatorial no Brasil. Muitos líderes brasileiros conhecidíssimos receberam tais ensinamentos. Sua meta principal é lutar contra o “Imperialismo”, regime que ele intitula para quem não segue o seu modelo e que se refere aos EUA. É, por essa razão, o anti-imperialista do mundo. Além de sua determinação em progredir nos seus projetos de domínio territorial, tem também muita habilidade em convencer outros governos para investirem em suas ideias. No caso do Brasil, veja-se como o atual governo investe tanto em Cuba: construiu o Porto de Cuba (em vez de investir no Brasil); aprovou o programa Mais Médicos (onde 2/3 do salário são pagos ao governo cubano, entre outros; e na vida particular é um verdadeiro conquistador. Gerou nove filhos, de várias mulheres e teve uma vida nababesca. Atualmente está com a saúde debilitada, depois de passar por duas crises terminais. Observe-se que o governo foi passado para o irmão Artur Castro porque ele se convenceu de que não conseguiria se safar da última crise que enfrentou. Quanto ao livro, é imperdível. Vale a pena lê-lo e assim enriquecer os conhecimentos.

Maceió, 28 de agosto de 2014.

Abel de Oliveira Magalhães

“Sánchez, que fez parte da guarda pretoriana de Castro por dezessete anos, descreve um carismático e inteligente, mas manipulador, sangue-frio e egocêntrico Castro, propenso a acessos de raiva.” – The Guardian

 

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

*