2013 – 12º Abel Magalhães – Noite em claro.

0
543

Noite em claro.

Autora: Martha Medeiros.

“Estava tudo silencioso e de repente o céu desabou. A chuva iria durar uma eternidade”. E a autora pensou em ler um livro. Mudou. “Vou escrever um livro. E só vou terminá-lo quando a chuva parar”.

Assim começa essa pequena obra que se transforma numa peça interessante. O enredo é erótico. A autora é muito direita. E o leitor fica curioso em conhecer o seu desempenho no gênero. Surpreendentemente ela atravessa todo o itinerário sem cair no lugar comum. Diz tudo de maneira elegante e o leitor fica desejando que ela diga mais. Que entre mais em detalhes. Como se trata de uma obra muito pequena (55 páginas), o livro, num instante, acaba. E fica o gostinho de quero mais.

Pela beleza da simplicidade aplicada e o domínio de quem nasceu para escrever bem, o leitor fica satisfeito. E se entusiasma para ler mais obras da imensa biblioteca gerada pela autora.

Maceió, 09/08/2013.

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

*