Marcio Rogério – Conversando com a Tia Lurdinha

0
537

Conversando com a Tia Lurdinha, fui informado que coincidentemente, o meu filho, Matheus, nasceu no dia do falecimento do meu primo – Marcos Antônio – com quem tive muita amizade, além de muita coisas boas compartilhadas, principalmente na infância. Ah que tempo bom era aquele, quando jogávamos
bola sob a sombra dos cajueiros onde hoje é a casa da tia Betinha! Lembra, Waguinho??? Como era legal heim?!!. Que tempo bom!!!. Quase sempre jogávamos eu e o Marcos (seu irmão) contra você e o Marcos (meu irmão), lembra?. Você lembra também que a tia Betinha ficava uma arara quando a gente sujava os
copos e gritava forte e em bom som: “QUEM SUJOU ESTES COPOS ??!!!!!” Lembra?

Conclusão
Esta coincidência me deixou muito feliz. O Marcos Antonio ficou ancorado ao nascimento do meu filho. Acredito que este fato minimizou o vazio que ficou após a morte do Marcos Antônio.

Um grande abraço, Wagner. Lembranças a Janine e a “princesa” Ingride.

Marcio MAGALHÃES

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

*