Cantinho da Magal – Divagando sobre o prazer de estudar.

0
514

Divagando sobre o prazer de estudar.

Queria, nesta edição, compartilhar a minha satisfação em relação ao meu curso de Direito.

Sem dúvida alguma, estudar faz bem a todos que querem crescer na vida e transmite uma sensação de dever cumprido.

Estudar Direito é sentir uma satisfação especial porque o curso nos inteira de nossos direitos e obrigações. Apesar de estar no 2º período, sinto que ele é de fundamental importância à vida das pessoas.

Minha faculdade – CESAMA – é uma faculdade nova, autorizada pelo MEC, cheia de projetos e de muitos caminhos a percorrer, caminhos estes que serão percorridos juntamente conosco, da 1ª turma, que faremos o provão para comprovar o conceito ao qual ela pertencerá.

Meus professores são ótimos. São mestres ou mestrandos, professores comprometidos com o conhecimento e com nossa luta diária. Juntamente com o coordenador, Dr. Valter Omena, e Dona Izabel Torres, diretora, fazem da faculdade uma promessa de sucesso, que teremos, ao final, de ratificar tal empenho.

Aproveito para fazer um comentário sobre uma palestra a que assistimos intitulada Cidadania e Justiça, com o ilustre desembargador Dr. Humberto Eustáquio Martins. Ele falou com bastante cloqüência sobre o tema, que chamou muito a atenção quando citou: “sem justiça social não há democracia”; “A maior produção de um povo é a produção intelectual” e “A Cidadania é o exercício dos nossos direitos”.

O desembargador deu ênfase, durante sua palestra, à função social, ao amor pelas pessoas e à humanização antes da profissionalização, ou seja, a solidariedade, o direito na sua função social e a cidadania como o exercício do tratamento igual, através da consciência de cada um.

Foi uma palestra que serviu para nos engrandecer ainda mais e nos encher de conhecimento e consciência que temos de construir um mundo de igualdade e mais amor.

Para finalizar, queria deixar aqui, de público, a minha imensa satisfação, felicidade e orgulho de meu pai, que está me ajudando com livros, trabalhos e muito apoio moral e intelectual.

Quero dizer também que acredito na faculdade e que sempre estarei fazendo a minha parte como aluna. Acho que, se cada um fizer a sua parte, tudo funciona.

 

Um abraço, Magal!!!

 

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

*