Relatório do Conselho de Administração referente ao Exercício de 2010

0
662
Abel Magalhães

Relatório do Conselho de Administração referente ao Exercício de 2010

 

A diretoria que está encerrando os trabalhos foi eleita e tomou posse na Assembléia Geral Ordinária do dia 31.01.2010. Quem presidiu os trabalhos foi o associado Cláudio de Oliveira Magalhães, eleito por unanimidade pela assembléia. Secretário, Abel de Oliveira Magalhães.

 

Realizações da diretoria

A primeira reunião aconteceu no mês de março. O novo presidente aproveitou para distribuir com os seus diretores as atribuições de cada um. Para fins de abençoar o trabalho de sua diretoria, apresentou um vídeo com o consagrado Pe. Fábio de Melo. Como uma de suas metas principais, manifestou o desejo de dobrar o saldo da tesouraria. Para isto, convocou o seu Diretor Financeiro e pediu o apoio dos associados. Foi uma reunião marcante onde o entusiasmo aflorou, oxigenado pela renovação do corpo diretivo. Detalhe para o desafio do Diretor Cultural na pessoa do associado Marcos César, que se comprometeu dar o máximo de si. Prometeu ampliar as sessões do corujão. Outra novidade gerada pelo entusiasmo foi a junção de um agregado a cada diretor, visando a um melhor desempenho.

 

Na reunião do mês de abril foram os seguintes os registros mais importantes. O Diretor Cultural prometeu providenciar um livro-protocolo para controle dos livros da Biblioteca do Fam; Abel pediu a catalogação do acervo; Marcos César demonstrou tristeza ante a pequena quantidade de livros da biblioteca; Cláudio teve idéia aprovada para compra de estante para os citados livros serem colocados na sala das reuniões. Houve pequenas contribuições para a execução do projeto. Houve pedido para lançar no site campanha de doação de livros. Cláudio Jr pediu ao presidente que concretizasse a construção do Museu do Fam. Solicitou-se a volta das palestras nas reuniões e o presidente prometeu que o primeiro seria o associado Wellyson Magalhães. Cláudio Jr aconselhou que o presidente fosse persistente nos destinos do Fam. O presidente respondeu que a persistência era uma de suas virtudes. Nessa reunião, Risolleta se lançou associada do Fam.

 

Em maio, um dos destaques foi a missa em Ação de Graças celebrada em memória da matriarca da família, d. Olívia Nunes de Magalhães, nos dez anos do seu falecimento. Marcos César lembrou o desafio que era ser diretor cultural. Mas disse que estava aprendendo muito com a experiência. Anunciou que tinha comprado as estantes da biblioteca por R$ 850,00 e que, posteriormente, seria decidida a divisão do valor. Foi feita a aposição da placa da biblioteca em homenagem à matriarca da família, d. Olívia Magalhães.

 

Reunião de julho – Destaque para o entusiasmo do diretor financeiro anunciando um saldo de R$ 3.419,15 nas contas do Fam. O diretor de esportes e lazer informava que após as chuvas cessarem, iniciaria as atividades do setor. Ana Paula cobrava o cumprimento do rateio da compra das estantes da biblioteca do Fam, compradas pelo diretor Marcos César.

 

Em agosto os destaques foram os seguintes: Acidente sofrido pelo presidente Wirley, quando de um tombo que sofreu, e o envolvimento da família durante o processo; houve a distribuição de um CD intitulado “Pai, amigo de todas as horas”, singela lembrança aos pais do Fam no seu dia, organizado pelo Departamento Social; a associada Ivany se propôs ajudar na pintura da sede do Fam, sendo acompanhada por outros.

 

 

Em setembro o destaque foi a promessa feita pelo associado Adilson em parar de fumar quando aparecer o próximo neto. O diretor social manifestava preocupação para a realização do próximo passeio anual e que o mesmo fosse um dos melhores, para marcar a gestão. Pedia sugestões. O diretor cultural anunciou volumosa doação de livros feita pelo associado Abel Magalhães; Cláudio Jr lembrou a necessidade de se trazer os troféus para o Museu da Associação; o presidente disse da necessidade de se encontrar um bibliotecário para catalogar o acervo do Fam; Cláudio lembrou o túmulo da família que se encontrava precisando de manutenção; Marcos César elogiou a campanha de motivação e capitalização do Fam, iniciativa bem-sucedida do associado Cláudio Jr, bem como a criação do Informativo do Fam, que estava tendo grande aceitação de todos; Cláudio Magalhães falou sobre a importância do Portal do Fam; da dificuldade de algumas pessoas em manusear o computador e colher as informações valiosas do site; Magal falou sobre as histórias da Tia Rose em suas salas de aulas e o desejo de todos para vê-las publicadas no site do Fam;

 

Reunião de outubro. Destaque para a atuação do Departamento Financeiro, que estava cumprindo as metas traçadas. O saldo apresentado já era de R$ 4.131,66; Marcos César demonstrou preocupação na escolha futura do diretor cultural porque estava tendo dificuldade em executar as tarefas pertinentes, apesar de sua boa vontade; Cláudio Jr doou livros à biblioteca do Fam, bem como troféus para o museu do Fam; anunciou registro fotográfico para o museu virtual do Fam; comunicou seu novo emprego na Honda, onde se colocou à disposição de todos os associados. Abel usou a tribuna para falar do Portal do Fam; disse que todas as despesas e manutenção do projeto foram e sempre serão de sua inteira responsabilidade, independente de sua obrigação financeira para com o clube.

 

Reunião de novembro. Destaque para a nova pintura da sede do Fam, com as tintas doadas pela associada Ivany; Cláudio Jr registrou o seu entusiasmo pelo sucesso da campanha de capitalização do Fam; destacou a materialização da estante do Fam, fruto de doação do diretor cultural, Marcos César, sendo saudado por uma salva de palmas; o trabalho do diretor financeiro foi enaltecido pelo presidente do Fam, sugerindo que servisse de exemplo para os futuros tesoureiros; o diretor social destacou a presença dos associados no casamento da Fernanda, filha do associado Fernando Magalhães, dizendo que foi um grande sucesso; foi criada uma comissão para o Natal do Fam, que juntou a família na grande noite; Cláudio Jr informou que estava realizando um sonho: sua graduação em Administração; Fernando demonstrou sua satisfação em evidenciar o seu prazer ao ver toda a sua família prestigiando o casamento de sua querida filha Fernanda, no dia 21/11/2010; disse que sua presença na reunião tinha a ver com valores passados pela família; que sangue é sangue e que sua filha tinha demonstrado isto na solenidade; ela fazia questão que toda família estivesse presente; disse que os valores que aprendeu em sua família passou, todos, para as suas filhas; realçou que a festa foi um projeto exclusivo do casal; tudo tinha sido feito especialmente para a família dos dois; agradeceu a presença de todos os familiares e disse que esta foi a melhor festa de toda a sua vida.

 

ConclusãoNo mês de dezembro tivemos o nosso Natal em família; e no mês de janeiro o nosso bem-sucedido passeio anual. Como se viu, mais uma vez registramos um belo capítulo da história do nosso querido Fam. É mais uma etapa da existência dessa Associação que foi vencida. E, como todos os anos, o desafio é permanente. Temos as nossas imperfeições; os nossos erros, mas também os nossos méritos.   O importante é que continuamos lutando bravamente, com o fito de superar as nossas próprias dificuldades e levar cada vez mais longe a nossa caminhada em busca do ideal – o congraçamento da Família Magalhães, preconizado no art. 3º do Estatuto da Associação. Destarte, conclui-se que o FAM é definitivamente uma peça indispensável no seio da família Magalhães, precisando tão-somente continuar a sua jornada em busca do seu brilhante futuro que, por certo, terá continuidade a partir da próxima administração. Parabéns a todos!!!

 

Arapiraca (AL), janeiro de 2011

Ana Paula Nogueira Magalhães

Secretária

DEIXE UMA RESPOSTA

*