2020 – 12º livro – O Alienista

0
129

Machado de Assis

Com quantos doidos se faz uma cidadezinha? É o que está prestes a investigar o ilustre Dr. Simão Bacamarte, renomado médico com estudos no exterior, que funda na vila de Itaguaí a Casa Verde, instituto onde pretende estudar e tratar todos os que sofrem de transtornos mentais. 

Todo tipo de gente é enviado aos cuidados do doutor, que passa também a enxergar em seus vizinhos e conhecidos o perigoso traço da loucura.

Obstinado e fatalmente fiel à ciência, o médico não permitirá que nada – nem a população, nem o Estado, nem o senso comum – impeça sua nobre investigação sobre a razão humana.

Publicada pela primeira vez em 1882, esta novela curta e sagaz foi uma das obras mais impactantes de Machado de Assis, um marco de sua voz questionadora e irônica e de sua visão tão certeira sobre questões inerentemente humanas.

A edição da Antofágica traz 37 ilustrações de um dos maiores expoentes da arte no Brasil, Candido Portinari, que chegam pela primeira vez ao grande público.

Complementando o texto de Machado de Assis, o livro traz também notas inéditas e posfácio de Rogério Fernandes dos Santos, especialista na obra machadiana, um posfácio da professora Daniela Lima e apresentação de Luisa Clasen, do canal Lully de Verdade.

Pelo acima exposto, trata-se de um livro esquisito onde o médico, que se diz entendido no assunto, tem a infeliz ideia de resolver o problema dos adversários internando-os numa casa de repouso forçado.

É uma obra bem escrita e o leitor se diverte ao longo da leitura e termina com a sensação de não ter aproveitado muito.

Maceió AL, 06 de junho de 2020

Abel de Oliveira Magalhães

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

*