Livro “Resgatando o valor da família – Associação da Família Magalhães”. Org.: Abel Magalhães

3
607

Introdução

 “Somos nossa memória” – Escreveu o consagrado escritor argentino Jorge Luís Borges. Da mesma forma, nós constituímos a nossa memória, a memória da família Magalhães, com todos os seus erros e acertos, formando a nossa memória individual, coletiva e sentimental, que nos relembra, ensina, emociona, educa, protege e adverte. Esta espécie de acervo nos ajuda a compreender o que somos e pode até nos libertar. Só não podemos ignorar. Por isso, precisamos conhecer tudo que se relacione à nossa família e celebrar a nossa autonomia, sem o que, corremos o risco de apodrecer e nos extinguir.

Apresentação

Com a ideia de entrevistar todos os irmãos para construir esta obra, Abel pôde sentir o valor do sentimento deles sobre os nossos pais.

Em linguagem simples, eles afirmam que os nossos pais foram uns verdadeiros heróis – cada um na sua essência. Papai tinha um estilo meio rude e a mamãe era dócil, uma criatura especial, com um coração maior do que o corpo e um amor incondicional aos filhos. Ela se enquadrava perfeitamente no poema que inicia a entrevista abaixo, bem como no texto do filho José Magalhães, que vem na sequência.

A todos os irmãos fizemos as mesmas perguntas: qual a sua opinião sobre o papai? Qual a sua opinião sobre a mamãe? As respostas individuais estão ao longo deste documento.

Clique aqui para fazer download e exibir o  livro “Resgatando o Valor da Família”. Caso prefira ler o livro sem baixar o arquivo, segue abaixo

Resgatando O Valor Da Família Associacao Da Familia Magalhaes1

 

3 COMENTÁRIOS

  1. Oi Abel.
    Definitivamente você conseguiu. Estou orgulhoso do excepcional trabalho que ao longo dos anos foi sendo garimpado meticulosa e pacientemente sempre com foco em extrair o melhor de nossa família. Graças à sua dedicação podemos nos orgulhar e compartilhar nossos valores e sentimentos, principalmente entre familiares e amigos que são muitos.
    Muitíssimo obrigado, afinal, agora podemos degustar devagarzinho o melhor de cada um de nós que faz essa maravilhosa família.

  2. Que Legal o Portal ! Também sou MAGALHÃES, meu Avô Francisco César Magalhães é do Ceará, Mudou para o antigo Território Federal do Amapá, hoje estado, na época incentivado pelo governo para habitar aquela região da Amazônia, estabeleceu-se em uma imensa área as margens da BR-156 (Macapá – Oiapoque) que ia do Km 56 até o Km 64. Minha Mãe, Get Maria Magalhães, oriunda de Canindé-CE.
    Parabéns ao Idealizado do Portal e Participantes.
    César Vinicius Magalhães Almeida
    Francisco Beltrão-PR

DEIXE UMA RESPOSTA

*