ATA DA REUNIÃO DE ABRIL DE 2018

0
128

ATA DA REUNIÃO DE ABRIL DE 2018

 

A reunião aconteceu na sede do FAM, com início às 11:00h. A associada Maria Elizabete fez a oração inicial. Em seguida, o secretário Abel de Oliveira Magalhães leu a ata da reunião anterior, que foi aprovada.

Tesou – O tesoureiro Cláudio Magalhães leu os relatórios do setor, abrangendo os meses de novembro e dezembro/2017 e fevereiro e março de 2018, cujo detalhamento será apresentado em documento separado. O resultado final ficou assim registrado: Saldo anterior – R$ 6.801,30; Créditos – R$ 1.440,00; Juros de poupança – R$ 27,42; Débitos – R$ 1.175,88; Saldo resultante – R$ 7.092,84. Os relatórios foram discutidos e aprovados. Na sequência, o tesoureiro falou sobre a aquisição de uma maquineta – a Moderninha (PagSeguro), que está fazendo sucesso no setor. A citada peça está facilitando muito os trabalhos da tesouraria e até incentivando o pagamento das obrigações dos interessados. Cláudio aproveitou para renovar o espírito de extensão das vantagens acontecidas no exercício anterior para os associados que quitarem as suas obrigações orçamentárias (anuidades) até o final de abril de 2018. Quem fizer isso terá direito ao transporte do passeio anual do FAM e uma camisa-brinde como lembrança.

Direção social – O novo diretor, Marcos César, mostrou o seu entusiasmo. Apresentou a sua agenda de trabalho para o corrente exercício. Discutiu o assunto e o documento foi aprovado pela assembleia. (Cópia do documento será publicado à parte para conhecimento de todos). Como se trata de datas para realização de ações futuras, ficou combinado respeitar o aspecto da maleabilidade, isto é, se um motivo superior se impuser, a data será ajustada ao fato. Como ele engloba também o Departamento de Esportes e Lazer, incluiu em sua agenda a volta do campeonato de biriba, caminhadas etc. A primeira competição já está marcada. Será nos dias 20, 21 e 22 de abril, aproveitando o feriadão. Aproveitou também e falou sobre o projeto “Área de Lazer Tibúrcio Magalhães”. Lembrou e mostrou o projeto original confeccionado pela associada Eline Magalhães, com quem manteve contato informando a sua iniciativa, e expôs a ideia de executar uma pavimentação da área com palco, chuveirão e banheiro. Informou que teve a colaboração da sua esposa, que tem lidado com profissionais de construção no Laboratório Lacel onde trabalha. Disse que tinha falado com um amigo dela, a quem pediu um orçamento. O valor total da infraestrutura ficou em R$ 5.300,00 a ser executada por etapas. A assembleia achou interessante a ideia e se propôs tocar a obra. O valor seria dividido pelos associados, que contribuiriam conforme a distribuição das etapas. Assim, teríamos um novo ambiente para a celebração das atividades sociais do clube, bem como melhoramentos para o futuro. Ele ficou de apresentar o orçamento especificado para ver se o público-alvo assumiria o projeto. Finalizou a sua apresentação homenageando os aniversariantes do mês.

Direção de patrimônio – José Adilson falou sobre a restauração do muro que separa a parte da área de lazer Tibúrcio Magalhães com o vizinho. Disse que teve a valiosa colaboração do Miguel e da Ivany, sob a sua supervisão. O resultado foi o bem-sucedido trabalho que valorizou a área. Disse que foram gastos na restauração R$ 3.000,00. Vania informou o resultado da movimentação financeira da conta. Saldo original: R$ 3.765,09. Gastos na confecção do muro: R$ 3.000,00. Juros de poupança R$ 20,75. Saldo atual: R$ 785,83, menos R$ 159,00 referente a débitos a pagar. Saldo final: R$ 606,69. Betinha lembrou que alguns colaboradores da citada conta estavam cobrando a aplicação da verba. Betinha também informou que tem fornecido remédios para o tratamento do Juraci e que o montante estava em torno de R$ 600,00, sendo que ela se dispunha a abater o seu lucro e gostaria de dividir com os irmãos de maneira espontânea o restante. Os que estavam presentes se comprometeram com o projeto.

Palavra livre – Fizeram uso da palavra as seguintes pessoas:

JÚLIA ARAÚJO – Falou sobre a necessidade de se ATUALIZAR A Árvore Genealógica da família Magalhães. Para isto, ela tomou a iniciativa de coletar as informações necessárias e apresentou um documento com as citadas informações. A partir daí, ela ficou com a missão de entregar o documento à Rose, que é a criadora do projeto original, para atualizar a obra.

MARCOS CÉSAR – Lembrou o seu desejo de incentivar cada vez mais a participação dos associados para as causas da associação. Lembrou o compromisso celebrado por alguns jovens para regularizarem a sua situação junto ao FAM, como a sua filha Isabela, os primos Wesley e Wellyson, entre outros.

Arapiraca, 08 de abril de 2018.

Abel de Oliveira Magalhães – Secretário

 

 

Compartilhar