Passeio do Cláudio a João Pessoa e Natal

0
583

Passeio do Cláudio a João Pessoa/Natal

Data do passeio: 21 a 24 de abril de 2010.
Saída: O ônibus saiu de Arapiraca às 04:00h da madrugada e chegou a João Pessoa às 13:00h, via Campina Grande (PB). O almoço foi servido logo após a chegada no Hotel J.R. À tarde, aconteceu um saudável city-tour, em que o grupo conheceu os principais pontos turísticos da capital da Paraíba. À noite foi forró até às 02:00h da madrugada.
Dia 23 – Pela manhã, visita a pontos históricos da cidade. Foram à Praça dos Três Poderes, ao Convento dos Beneditinos onde são realizados os casamentos mais chiques da cidade, com um visual excelente. Ao meio dia todos foram para o almoço, que aconteceu no Restaurante Golfinho, à beira-mar. À tarde, foi feita visita ao ponto extremo do leste do Brasil, Ponta Seixas no Cabo Branco. Foi feita visita à Estação de Ciências e Artes, prédio que tem a chancela do famoso arquiteto Oscar Niemayer. Lá estavam sendo realizadas duas exposições: Indígena e Ciências, inclusive com telescópio. O prédio em estilo moderníssimo, que impressiona a todo visitante.
Pôr-do-sol na praia do Jacaré – Após a visita à Estação de Ciências e Artes, o grupo foi ver o famoso pôr-do-sol na praia do Jacaré. Detalhe: Na verdade, não se trata de praia e sim da foz do rio Cabedelo.
“O pôr do sol ganhou trilha sonora em João Pessoa. Todos os dias, quando o astro-rei dá os últimos suspiros na praia fluvial do Jacaré, um saxofonista e um violinista entoam nada menos que o “Bolero”, de Ravel. O espetáculo acontece por volta das 17h e atrai moradores e turistas que lotam os vários bares à beira-rio. Para pegar uma boa mesa nos decks ou nos píeres, chegue cedo” – trecho no site sobre o assunto.
Três pontos a destacar: a) Local aprazível com artesanato e comidas típicas; som ao vivo; mulheres bonitas se apresentando, enquanto o pôr-do-sol não chega (a programação começa às 17:00h. O Bolero, de Ravel, é representado por um saxofonista profissional, deslizando num barquinho ao longo do rio, num cenário encantador. Após a peça musical, uma violinista, de nome Isabelle, jovem muito bonita (lembrando a outra do grupo Celtic Woman), dá o seu show maravilhoso, encantando a todos.
18:00h – Neste momento, apagam-se as luzes do ambiente. A bela jovem aparece executando a famosa peça “Ave Maria”, de Gounot. A emoção toma conta de todos. A moça distribui simpatia que conquista os presentes, os quais fazem questão de tirarem fotos com ela. É um momento mágico.
Seguindo para Natal – Após o café da manhã, o grupo seguiu viagem com destino a Natal (RN), onde chegou às 11:00h. Depois do almoço, todos foram fazer um city-tour. Depois de ver os principais pontos turísticos da cidade, fomos para o artesanato na praia dos Artistas. Em seguida, fomos para o hotel. Conhecemos um belíssimo aquário, onde existem várias espécies de peixes e animais marinhos, empreendimento explorado por uma bióloga alagoana sertaneja. À noite, a programação foi shopping e forró. No dia seguinte, fomos à praia de Genipabu, onde curtimos passeio de bugre, onde a Lurdinha se esmerou, fazendo o passeio com muita emoção e muita adrenalina. Conhecemos a ponte sobre o rio Potengi e visitamos o maior cajueiro do mundo, com destaque para um mirante que dá uma visão de toda a extensão do citado cajueiro.
Retorno a Arapiraca – Depois da visita ao cajueiro, houve o retorno a Alagoas, chegando ao nosso destino por volta das duas horas da madrugada. O passeio foi repleto de alegria e coroado de pleno êxito.
OS: Fotos do evento, no Portal da Família Magalhães, através do link “fotos”.
Atenciosamente, Cláudio de Oliveira Magalhães.

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

*