2016 – 5º livro – Milagre nos Andes

1
777

Autor: Nando Parrado em parceria com Vince Rause

Outubro de 1972. O avião Fairchild F-227 da Forças Aéreas Uruguaia, que levava um time uruguaio de rugby acompanhado de familiares e amigos para um amistoso no Chile, cai em algum lugar nas profundezas dos Andes. Dos 45 cinco passageiros a bordo, 29 sobreviveram à queda e apenas 16 são resgatados com vida naquele que ficou conhecido como um dos mais célebres desastres aéreos da História.

Em Milagre nos Andes, o uruguaio Nando Parrado – principal responsável pelo resgate de seus amigos nas montanhas após 72 dias de agonia – é o primeiro dos sobreviventes a contar, com extraordinária franqueza e sensibilidade, a sua própria versão do acidente. O resultado supera o simples relato de uma aventura real: é um olhar revelador sobre a vida à beira da morte.

Escrito em parceria com o escritor americano Vince Rause, Milagre nos Andes é o exemplo perfeito de quando a realidade supera, e muito, o mais criativo dos enredos ficcionais – Apresentação da editora.
———————————
Trata-se de uma narrativa fácil e empolgante. Parece que o leitor está no avião sobrevoando os Andes e admirando as belezas lá embaixo. É um relato muito forte que, às vezes, supera a realidade, dando a ideia de ficção. Para se encontrar água, derretiam a neve e/ou recolhiam gotas de orvalho. Nunca tão pouco foi tão importante. As gotas eram disputadas. (E a gente lembra o desperdício que, em regra, todos nós praticamos). A imaginação era posta em prática em todos os aspectos. Aliviado o problema da água, surgia outro pior – a fome. As sobras de alimentos chegavam ao fim. O frio era insuportável e potencializado pela sede. Agora a fome. São lições que nunca imaginamos estar preparados para enfrentar. O recado é muito forte. A gente pode lembrar que tem tudo e nem sempre sabe valorizar. A crueza da história nos faz lembrar que existem pessoas no círculo da nossa amizade que parece que têm um rei na barriga.

Abel de Oliveira Magalhães
Fevereiro de 2016
———————————
“Milagre nos Andes é o relato surpreendente de uma provação inimaginável. Escrevendo com uma assombrosa honestidade, transmitindo toda gama de sensações e emoções, Nando Parrado nos conta da perseverança, coragem e criatividade necessárias para sobreviver nas alturas dos Andes por 72 dias, após ter sido dado como morto. Se você começar a ler este livro, não vai conseguir largá-lo.” — Jon Krakauer, autor de “No Ar Rarefeito”

“Nando Parrado não apenas sobreviveu, como demonstrou uma força e uma determinação que salvaram sua vida e a de seus 15 amigos. Agora ele relata sua experiência penosa – cativante, esclarecedora, modesta e tocante. Um testemunho impressionante do que o amor pode alcançar.” – Piers Paul Read, autor de Os Sobreviventes

A história completa do famoso desastre aéreo ocorrido nos Andes em 1972 contada pelo sobrevivente que salvou a vida dos outros 15 passageiros

Compartilhar

1 COMENTÁRIO

  1. Oi Abel,
    Parabens por mais esse relato, que certamente incomoda e desperta nosso despreparo para viver tamanha experiência. Ha um tempão atras li essa obra ou vi o filme, não tenho certeza.
    Leitura recomendável para se aprender a lidar com adversidade extrema e se aprender mais sobre valores humanos que em nosso cotidiano ficam escondidos sob sete capas.

DEIXE UMA RESPOSTA

*