Sumário da Reunião da Diretoria do FAM, de 11.06.2000

0
684
ATA

Sumário da Reunião da Diretoria do FAM, de 11.06.2000.

ABERTURA – O presidente abriu o encontro pedindo ao secretário para fazer a leitura da ata referente à reunião anterior, que foi aprovada sem restrições.

Tesouraria: Miguel apresentou o balancete, como segue:

Maio/2000

Saldo em poupança

2.914,86

Empréstimos

686,80

Mensalidades vencidas*

330,00

Passeio do FAM a receber

163,50

TOTAL

4.095,16

Receitas

575,82

Despesas

-293,59

Saldo operacional

282,23

Demonstrativo de ‘despesas’

Material de expediente

161,00

Expedição de correspondências

5,89

Conta d’água

22,35

Conta de luz

54,35

Filmes e fotos

-:-

Secretária da sede**

50,00

Total

293,59

Demonstrativo de ‘Receitas’

Mensalidades recebidas

220,00

Recebimento de empréstimos

-:-

Mensalidades extras recebidas

10,00

Doação

166,89

Recebimento do passeio do FAM

164,50

Juros e correção de poupança

14,43

Total

575,82

*Referente ao ano 2000

**Ivany aceitou apenas o complemento que excede o S. Mínimo.

O presidente registrou um voto de louvor para o associado que fez doação ao FAM e realçou que a idéia deverá despertar sentimentos semelhantes – às vezes adormecidos.

Departamento Social – Cláudio Jr informou a aquisição de um microcomputador K6-2 500 MHz, financiado pela Caixa Econômica, colocando-o à disposição do FAM, inclusive para uso da Internet. Apresentou o seu endereço eletrônico: juniormagalhaes@uol.com.br; fez a doação de um quadro branco ao FAM, que vai servir para aulas e explanações. O mesmo foi fruto do passeio a Nova Jerusalém; solicitou à diretoria enviar correspondência de agradecimento aos senhores Samuel Balbino e Severino Lúcio (SMTT e 5ª CIRETRAN) pela consideração em enviar carros de patrulhamento ao sepultamento de dona Olívia, bem como ao sr. Dalmácio Lúcio pelo voto de pesar registrado nos anais da Câmara de Vereadores do município; informou mudança de endereço para a Av. Deputada Ceci Cunha, nº 222 Alto do Cruzeiro, Arapiraca (AL) (casa cedida por parentes de sua esposa, Elisângela); fez agradecimentos ao associado Williams por serviços prestados no Detran-AL, para os exames de baliza feitos por Elisângela. “Sua presteza é 100%. Isto está inserido no ideal do FAM. Gostaria que todos da família tivessem a mesma iniciativa” – disse. Encerrou agradecendo atenção dispensada pelo gerente da Caixa Econômica Federal (Jaraguá-Maceió) que facilitou a liberação do financiamento do micro.

Direção Cultural – Rose fez referência ao seu projeto cultural. Disse que “até agora não surtiu efeito. Não culpo ninguém. A infraestrutura está pronta. Se o FAM achar conveniente, o projeto poderá decolar. Caso contrário…” E se colocou a disposição de todos. Por iniciativa do Cláudio, foi aprovado liberação de R$ 30,00 para Rose comprar material indispensável ao funcionamento das oficinas.

Direção de patrimônio – Adilson nomeou Ivany como sua representante nos próximos 15 dias, quando ele estará ausente por motivos profissionais. Lembrou que a mesa e as cadeiras da sede do FAM estavam precisando de reforma. Foi autorizado providenciar conserto da mesa e confecção de 8 cadeiras.

Secretaria – Abel informou a circulação do jornal Notícias do FAM em sua edição de nº 47 e que tinha iniciado a edição de nº 48. Significava dizer que o jornal estava completando 4 anos de existência – uma razoável longevidade. Fez a entrega de um envelope contendo um exemplar da publicação destinado ao pe. Zé Neto pela atuação que teve quando do falecimento de d. Olívia e os laços de amizade que sempre uniram as partes. A responsabilidade pela entrega do citado exemplar ficou a cargo da associada Ivany.

Palavra livre – Usaram da palavra as seguintes pessoas: Antônio para lembrar que aquela era a primeira reunião após o falecimento de d. Olívia. Lembrou o compromisso assumido pelos 12 irmãos em nome dela. E citou Exupèry: “Não devemos olhar um nos olhos do outro e sim na mesma direção.” Cláudio justificou a ausência do Marcos César e Rosivânia por se encontrarem em Caruaru participando da promoção “o maior cuscuz do mundo.” Disse que, com a morte da genitora da família, procurou honrar todos os compromissos inerentes a ela. Infelizmente tinha recebido uma carta da ex-secretária reivindicando direitos trabalhistas. Submetido à apreciação dos presentes, ficou decidido que ele poderia resolver o problema da maneira que achasse mais conveniente. Informou que foi aberta uma poupança no valor de R$ 600,00(seiscentos reais) em nome dos associados Cláudio e Adilson com as sobras financeiras herdadas de d. Olívia e que receberá valores oriundos dos bens em nome da mesma, para fins de inventário. A conta só pode ser movimentada com a assinatura dos dois. Foi autorizado a convidar o técnico José Aragão para dar uma palestra sobre Normas Parlamentares, a fim de melhorar as discussões em plenário. Anunciou que o salão da Rua Lino Rodrigues foi alugado por R$ 100,00 pelos próximos 6 meses. O outro continua alugado a um grupo evangélico. Betinha falou sobre as despesas de conservação do sítio da sede do FAM. Como era um bem de todos, precisava encontrar uma solução. Miguel teve sugestão aprovada no sentido de se debitar a conservação do imóvel à poupança dos herdeiros. Elisângela agradeceu ao Williams a ajuda recebida no Detran-AL. Williams retribuiu dizendo que ela foi aprovada por mérito próprio. Ana Lúcia agradeceu mensagem publicada no jornal Notícias do FAM sobre o falecimento de seu irmão Lucinho. Miguel teve pleito aprovado no sentido de se providenciar a foto de d. Olívia na pedra do túmulo. Antônio falou de seu eventual pessimismo ao longo de sua gestão chegando a sentir vontade de renunciar. Agora sentia-se reenergizado. O encerramento foi feito pela associada Bernadete que convocou todos para, de mãos dadas, rezarem o Pai Nosso e Ave Maria em respeito a desejo de d. Olívia, seguido de um minuto de silêncio em homenagem à mesma

Arapiraca, 11 de junho de 2000

Original assinado por

Abel de Oliveira Magalhães

Secretário

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

*