ATA da Reunião Ordinária realizada em 12 de Setembro de 2010.

0
29415

ATA da Reunião Ordinária realizada em 12 de Setembro de 2010.

Aos 12 dias do mês de Setembro do ano de 2010, às 11:30h, na sede social do FAM, teve início mais uma reunião ordinária. Após a oração inicial, o presidente Wirley Carles agradeceu a presença de todos e em especial a da Magal. Disse que a reunião deve estar sempre associada a um momento de festa e alegria e desejou que Deus abençoasse a todos os membros do FAM. Após a leitura da ata, o presidente sugeriu que ela fosse enviada o quanto antes para o associado. Abel Magalhães reclamou que a ata estava muito sucinta. Havia a necessidade de ser mais detalhada para fins de enriquecimento. A atual secretária pediu desculpas aos associados pela demora e em especial a Abel, por não ter conseguido colocar na ata anterior algumas informações. Disse que faz a ata pensando sempre no “secretário de honra” do FAM (referência ao Abel como secretário) e que, ao enviar as atas para o e-mail do mesmo, sempre pede que Abel fique à vontade para fazer qualquer modificação. Magal também relembrou a época em que foi secretária e disse que redigia pensando no pai; disse que é importante escrever o documento quanto antes, para que todos os momentos vividos durante a reunião sejam registrados. Disse que também fazia a ata pensando no pai, o eterno secretário do FAM. O presidente passou a palavra para o Diretor Social, Cláudio Magalhães, que foi até a tribuna e lembrou todos os aniversariantes do mês de Agosto e Setembro. Nesse momento, Abel relembrou que Miguel, no momento da crise que levou ao passamento do Sr. Tibúrcio Magalhães, tinha feito uma promessa de deixar de fumar, caso o mesmo falecesse. Ele faleceu. A promessa perdeu o sentido. Disse que Adilson também fez o mesmo gesto, quando nascesse a primeira neta. Este não parou de fumar. Renovou o compromisso para o próximo herdeiro que, talvez seja da filha Ana Paula. O Diretor Social, Cláudio Magalhães, destacou os aniversários de Miguel e Wirley (29 e 30 de setembro), afirmando que temos que comemorar e disse que a família é a coisa mais importante do mundo. Agradeceu ao filho Claudio Júnior por ter realizado a pesquisa das datas de aniversário de todos os membros do FAM. (Cláudio Jr conseguiu tudo pesquisando no site do Fam). Chamou atenção para a aproximação do término da atual gestão e da necessidade de planejar o passeio anual do FAM. O Diretor Social disse que quer fazer um passeio excelente para marcar esta gestão. A associada Ivany relatou que Carla Magalhães havia ligado para convidar todos os associados do Fam para o aniversário de 15 anos de sua filha, Maria Clara, que acontecerá no dia 23 de Outubro próximo. O convite já teria sido enviado pelo correio para a sede do Fam. O atual presidente afirmou que a próxima reunião será no dia 10 de Outubro e pediu a todos que estimulassem os associados que não estavam presentes para prestigiarem. Claudio Júnior quis reforçar a fala de Wirley e disse que é importante que a família esteja presente. Disse que tem conversado com alguns membros que andam ausentes, como Williams. Citou o nome de alguns associados, como Lurdinha, Ranieri e Raninho. Pediu que todos motivassem e incentivassem a presença dos outros associados. Em seguida, o presidente passou a palavra para o Diretor Cultural. Este afirmou que Abel Magalhães fez uma volumosa doação de livros para a biblioteca do FAM. Claudio Júnior acrescentou que precisa trazer os troféus para o museu da associação. O presidente disse que o FAM precisa procurar um bibliotecário para organizar os livros, principalmente depois da doação. Claudio Júnior relatou que em Arapiraca há uma pessoa renomada para organizar a nossa biblioteca. Em seguida, o Diretor de Patrimônio, Miguel Magalhães, afirmou que está tudo em ordem, mas é preciso providenciar a pintura da sede. Disse que o salão da Lino Rodrigues está fechado, enquanto não aparece nenhum inquilino e que na semana passada aplicou veneno para combater os cupins. Aproveitando o momento, Claudio Magalhães chamou atenção para o túmulo da família. Ele disse que o mármore está danificado e indagou ao diretor de patrimônio se o M12 poderia arcar com isso. O presidente elogiou o novo sorriso de Miguel e disse que seu sobrinho Gabriel, filho de Wilma, parece muito com ele. Miguel Magalhães reclamou a ausência de Betinho nas reuniões do Fam. Claudio Júnior disse que estava sentindo falta dele. Adilson Magalhães disse que Betinho tem trabalhado muito e que nesse final de semana, ele estava em Delmiro Gouveia, a trabalho. O tesoureiro, Claudio Júnior, relatou que, conforme extrato, o saldo atual do FAM é de 3.581,83. Disse já ter o parecer do Conselho Fiscal, aprovado por Ivany e Adilson e que ainda tem um valor referente ao passeio anual a receber, mas que no momento da reunião atual, recebeu dinheiro de mensalidades e que, no próximo mês, teremos um “dinheirinho a mais”.

Palavra livre. No segmento, fizeram uso da palavra os seguintes associados:

Marcos Cesar – Parabenizou Claudio Júnior por elaborar a Campanha de Motivação e Capitalização do Fam, bem como o Informativo que está tendo grande aceitação dos associados e sendo publicado no Portal do FAM. Destacou o documento, afirmando que é de suma importância porque, como a família é grande, coisas acontecem e não sabemos. Com o Informativo fica mais fácil. Disse que passou dois dias maravilhosos: domingo, na Barra Nova e terça-feira, no Pontal de Coruripe, participando dos aniversários de Carlos Magno e Cláudio Júnior.

Claudio Magalhães – Falou sobre a importância do Portal do FAM. Como algumas pessoas têm dificuldade de manusear o computador é importante pedir ajuda a alguém e acessar o nosso site.

Miguel Magalhães – Parabenizou a diretoria pelo belo trabalho e lembrou que era hora de pensar no passeio anual do FAM. Agradeceu, emocionado, ao associado Adilson por poder assistir aos jogos do Asa Gigante em sua casa.

Magal – Disse que toda vez que encontra com a tia Rose, ela conta suas experiências vividas no cotidiano do seu trabalho. Magal quer que todos fiquem na cola da tia Rose para que ela conte suas experiências no site do FAM. Segundo Magal, as referidas experiências são muito interessantes e os resultados têm sido maravilhosos. Então, seria interessante que os que fazem o FAM soubessem. Magal lembrou que, neste ano, só tinha comparecido a uma reunião, porque coincidiu com compromissos assumidos anteriormente. Sua cirurgia também a impediu de comparecer aos encontros. Mas agora acha que irá a todos, pois não tem obstáculos para o jaez.

Rose – Ante o registro da Magal, contou uma experiência vivida em suas atividades. Pediu a um aluno que desenhasse sua família. O pequeno desenhou apenas ele e o pai e disse que não conseguia desenhar a sua mãe, pois ela era muito bonita e seu desenho era feio. Ante a insistência da “tia Rose” o menino desenhou uma casa. Indagada sobre o significado do desenho, a criança disse que sua mãe estava dentro da casa, lembrando passagem do Pequeno Príncipe. Rose concluiu dizendo que são inúmeras as histórias das crianças no seu dia a dia.

Wirley – Disse que o mais importante é o que somos e não o que temos. Disse que temos que divulgar a reunião da FAM.

Adilson – Afirmou que, com a possibilidade de assistir às aulas de doutorado em casa, por meio de videoconferência, a atual secretária iria entregar a ata em menor tempo.

Claudio Júnior – Chamou a atenção de todos para a sua fala e disse que teve o prazer de passar um dia inesquecível ao lado de Magno em sua casa na Barra Nova. Agradeceu pelo carinho que recebeu do casal Abel e Ivonete em sua casa, onde passou a noite de domingo próximo passado. Disse que o casal teve uma atenção legal com ele e que já está pensando em retribuir. Agradeceu a atenção recebida na comemoração do seu aniversário (07 de Setembro), no Pontal de Coruripe. Destacou que há uma grande possibilidade de a Natália vir a ser funcionária da Boa Terra, concessionária da Chevrolet em Arapiraca, graças à Risolleta, sua esposa e funcionária da empresa. Em relação ao Informativo do Fam nº 03, Claudio Júnior disse que tem sido um desafio e um sonho realizado, respaldado por Abel Magalhães. Destacou o sucesso da iniciativa, fazendo a leitura dos recados deixados no link referido por Sérgio Magalhães, Marcio Magalhães e Betinha. Claudio Júnior disse acreditar demais na família e que, apesar de terem seus defeitos, têm suas virtudes. A partir daí, apresentou sua campanha de motivação e capitalização, que foi lançada e direcionada aos associados através do site do FAM e que recebeu três lindos textos, sendo o primeiro, de Sérgio Magalhães.

Abel – Emocionado, destacou a fala de todos, especialmente, a de Claudio Júnior, parabenizando-o pelos informativos e pela campanha de motivação. Realçou o valor da família e do FAM; disse que a associação tem o mérito de trazer a nossa família para a sede, uma vez ao mês; lembrou que alguns associados estavam distanciados do movimento; que todo mundo tem suas razões de estarem ausentes, mas que seria muito bom que despertassem para o valor de uma organização como a nossa; lembrou as tratativas que eventualmente envolvem alguns associados e que, por isto, sentem a necessidade de se ausentarem um pouco. Por fim, realçou o seu desejo maior, lembrando a famosa expressão que diz: “o tempo é o senhor da razão” e que, por isto, sabemos que essas pessoas voltarão ao salutar convívio da Associação da Família Magalhães, no momento que acharem conveniente, para continuar a senda do objetivo maior, a união e o congraçamento de todos. Afirmou que é necessário fazer reformas, tanto na casa quanto dentro de nós. Disse que na reforma de seu gabinete, descobriu que tinha uma quantidade enorme de livros e que esses estavam sendo consumidos pelas traças. Na execução do citado projeto oitenta por cento dos livros foram descartados. Todos foram doados ao FAM. Pelas eventuais dificuldades materiais da sede deu liberdade de se descartar o que acharem conveniente. Abel lembrou que os livros precisam ser catalogados. Demonstrou que tem vontade de sacrificar seus finais de semana e vir para a sede executar a tarefa. Ao falar da atual diretoria, advertiu para eventuais displicências; disse que tem diretor que diz que vai fazer isto e aquilo e não faz. A título de exemplo, lembrou que só ele e Ivonete sabem a dificuldade que foi manter e divulgar o jornal Notícias do FAM durante suas 92 edições mensais. Lembrou que todas as atas estão disponíveis no site do FAM, e que, certa vez, os arquivos das atas foram deletados por uma falha de formatação. Assim, teve que refazer todas as atas, digitando-as. As citações foram para mostrar que devemos refletir antes de prometer alguma coisa, principalmente quando se fala para uma platéia ou assembléia. Alguém pode estar ligado. O não cumprimento de uma promessa pode prejudicar ainda mais a imagem de qualquer pessoa, principalmente quando ela é diretora e/ou tem mandado de um grupo. Ante a morte súbita de um parente acontecida no dia anterior em Arapiraca, Abel associou o acidente em foco com o sofrido por Wirley alguns dias antes que, pela semelhança, o presidente passou por um risco grande. Sobre o aniversário de Claudio Júnior e Magno, disse que foi uma coisa belíssima e o final de semana terminou na terça, no Pontal. Parabenizou Claudio Júnior por estar na reunião com um notebook que ficou o tempo inteiro durante a reunião, mostrando os arquivos e mensagens do Portal do FAM.

Wirley – Agradeceu a presença de todos e torceu para que todos sejam bem sucedidos em suas vidas.

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

*