ATA DA REUNIÃO DE 19.07.2009

0
713

ATA DA REUNIÃO DE 19.07.2009

Abertura – No dia 19 de julho de 2009, às 10h, na sede do FAM, teve lugar mais uma reunião. A abertura foi feita pelo seu presidente Cláudio Jr, que convidou o jovem Carles André para fazer a oração habitual. Este, devidamente paramentado com as vestes de sua causa religiosa, seguiu os trâmites coerentes: rezou de maneira especial, contando com o apoio respeitoso da platéia.

Secretaria – Na ausência da secretária titular, que não pôde estar presente porque estava dando assistência à sua filha que estava doente, Abel Magalhães leu a ata do mês anterior a qual foi aprovada por unanimidade.

Tesouraria – O tesoureiro Wigberto não pôde apresentar o balancete, informando, inclusive que ele estava pronto em seu micro; disse do problema de uma de suas filhas que adoecera no dia anterior, fato que o mobilizou em tempo integral; anunciou o recebimento de comprovante de pagamento de despesas do Arraiá do Fam, feito pelo presidente, Sr. Cláudio Jr. Este pediu para registrar agradecimento ao pai, Cláudio Magalhães, pela valiosa contribuição dada a ele, inclusive em termos de dinheiro. Betinho continuou destacando o valor de tais iniciativas. Defendeu o valor de se trabalhar em grupo, referindo-se ao sucesso do Arraiá do Fam; encerrou realçando a facilidade que se tem de criticarmos uns aos outros em vez de colaborar.

Patrimônio – O assessor do diretor de patrimônio, Miguel Magalhães, informou que o titular estava sem condições de comparecer à reunião por se achar doente. Anunciou o cumprimento da tarefa a que ficou responsável acerca da descupinização da sede do Fam. Agradeceu ao presidente Cláudio Junior, por ter cedido o veneno. Ivany, na qualidade de zeladora do patrimônio, agradeceu o empenho do associado Miguel em benefício da sede do FAM. Disse que ele era o seu braço direito. O presidente sugeriu movimento no sentido de se pintar a sede até o fim do ano. Ficou acertado aguardar a chegada do verão.

Diretoria Social – Marcos César, diretor social, falou sobre o “Arraiá Fam-Tástico”, acontecido no mês anterior. Deu realces: sucesso, colaboração recebida, contribuição geral etc. Apresentou a agenda de agosto: dia 9, dia dos Pais. Anunciou que vai se empenhar sobre o tema. Adilson aproveitou e disse que a reunião do mês de dezembro deste ano será em sua casa. Ano passado ele cedeu, mas este ano, não tinha acordo. Pediu, também, que a definição das reuniões fosse mais organizada, para evitar dúvidas e prejuízo, a exemplo do que estava acontecendo naquele momento. Muitos teriam deixado de comparecer porque ficaram na dúvida.

Diretoria Cultural – Wirley, diretor cultural, falou sobre o valor da família. Leu texto sobre o assunto, sob o título “Mãe, quero ser bombeiro”. Disse que no FAM há todo tipo de bons profissionais: Médicos, Advogados, Vendedores, Empresários, Empregados e… Desempregados. Significava dizer que deveríamos ser mais organizados, ter mais consciência do valor da nossa associação, para conquistarmos melhores resultados. Falou sobre o “Arraiá do Fam”. Agradeceu ao presidente ante o muito que fez pelo evento; ao Adilson, pelo prazer demonstrado em dar a sua cota de participação; e a todos que contribuíram para o grande sucesso da festa. Falou sobre o site do Fam e sua alegria com a organização. Destacou as emoções vividas com as matérias e notícias veiculadas no Portal, principalmente com a matéria publicada sobre o aniversário de falecimento de seu querido e inesquecível pai, Sr. Geraldo Leite Cavalcante. Disse que a emoção rolou copiosamente na casa de sua mãe. Falou que fez, com sua esposa, o roteiro de “Loucuras de um aventureiro”, (publicado no site do FAM), cuja descrição será apresentada pela Lucinha e publicada no Portal do FAM. Pediu ao filho André que cantasse ao violão. Este, depois de pequena introdução sobre o tema, cantou “Aos Pequeninos”, abordagem de fundo religioso.

Direção de Esportes e Lazer – Raninho pediu desculpas pelo atraso do campeonato de biriba. Anunciou que ele acontecerá no próximo mês de setembro, na residência do presidente do FAM, por ocasião do seu aniversário quando estará completando 40 anos ‘de rombo’. Aproveitará o feriadão de 7 de Setembro e realizará a tão esperada promoção. Por causa de tanta motivação espera-se um acontecimento especial. Cláudio Jr pediu a colaboração de todos, inclusive patrocínio e doação de troféus e medalhas.

Palavra Livre – Adilson agradeceu a todos que compareceram ao Arraiá do Fam. Disse que ficou muito feliz com a grande festa. E que iniciativas dessa natureza são muito importantes. Vaninha agradeceu as mensagens de 20 anos de casados que ela e seu marido receberam ao longo da semana. Citou exemplos de vida, inclusive fazendo elogios ao Marcos César, dizendo que ele era um home de Primeira.

Marcos César disse que se orgulhava muito da família e se congratulou com a vocação demonstrada pelo André em seguir a vida de franciscano.

André, que é filho do associado Wirley e Leninha, explicou a sua repentina vocação para seguir o exemplo de São Francisco. Vestido com a roupa típica pediu atenção da platéia e disse que a sua vocação brotou naturalmente; era um chamado de Deus. Ante a preocupação demonstrada por pessoas da platéia em relação ao exemplo dos rebentos de seus bisavós, ele afirmou com segurança: “Não sei o que levou a tia Ivany ir para o convento, mas quanto a mim foi um chamado de Deus. Eu sou um privilegiado”. Comunicou que está vivendo na Toca de Assis, entidade franciscana instalada em São Paulo. (Os residentes na Toca são chamados de “Toqueiros).

Encerramento – O presidente Cláudio Jr teceu as suas considerações finais e parabenizou Marcos César e Vânia pelos seus 20 anos de casados; lembrou a criação dos classificados no site do Fam e concitou mais participação de todos nas atividades do FAM.

Abel de Oliveira Magalhães

Secretário “ad hoc”.

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

*