Ata da reunião da diretoria do FAM, de 10.06.2007

0
29162

Ata da reunião da diretoria do FAM, de 10.06.2007

ABERTURA – Às 11:00h, do dia dez de junho de 2007, o presidente José Adilson abriu o encontro pedindo à associada Ivany que fizesse a oração inicial, que foi dedicada a toda família, principalmente ao mano José Magalhães, em prol de sua recuperação. Em seguida, convocou o secretário para a leitura da ata da reunião anterior, que foi aprovada por todos.

Tesouraria – Betinho iniciou dizendo que as ‘entradas’ do período tinham sido pequenas. Leu o balancete, que não sofreu nenhuma restrição.*

Departamento Social – Cláudio Magalhães estava adoentado e por isto disse que nada tinha a declarar. Apesar disso, foi lembrado que estávamos no mês de São João e o Fam sempre realizava a sua festa. Ficou acertado que o Arraiá do Fam será no dia 23, no salão ao lado da casa do Adilson. Marcos César sorteará um bode e o Fam Jovem organizará a festa. Betinho prometeu providenciar jogo de luz. Com relação a tira-gosto, os associados levarão. A bebida será rateada pelos presentes. Ficou acertado também que, quem quiser, pode levar os seus convidados.

Diretora cultural não pôde comparecer;

Diretora de patrimônio – Ivany disse que a aparência do imóvel não era boa; que estava precisando de manutenção: limpeza, pintura e retelhamento, principalmente a sede do Fam e o Cassino. Ficou acertado o imediato retelhamento por causa do inverno. Quanto ao mais, ficou para setembro.

Diretor de Esportes e Lazer – Miguel disse que não tinha planejado nada. Abel sugeriu a realização de um campeonato de biriba. Ele ficou de estudar o assunto.

Secretaria – Abel falou sobre o site do Fam. Lembrou o seu sentimento sobre o assunto (os altos e baixos do projeto; as dificuldades de acesso, as imprecisões que tanto desestimulam). Ficou acertado que Betinho e Miguel Jr iriam encontrar uma solução. Doou mais um livro para a biblioteca do Fam – Hitler, vol 1, de Joachim Fest. Disse da sua tristeza em não ver a biblioteca; que gostaria de vê-la com destaque aos olhos de todo mundo. Ivany se sensibilizou e disse: “Se você providenciar uma estante bonita, eu terei o maior prazer de instalá-la nesta sede”. A sugestão ficou para estudo.

Palavra livre – Apenas Cláudio fez uso da palavra para justificar a ausência da esposa Ana Lúcia, que teve de se deslocar para outra cidade, a fim de ver o irmão Cláudio Gomes, enquanto ainda estava vivo, pois ele se encontra com a saúde debilitadíssima, podendo falecer a qualquer momento.

Conclusão – Eram 12 horas, quando o presidente agradeceu a presença de todos e encerrou o encontro.

Original assinado por:

Abel de Oliveira Magalhães

Secretário

* Conta do Fam na Caixa Econômica Federal, 7690-0, Ag. 0056, controle 013.

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

*