Ata da reunião da diretoria do FAM, de 07.10.2006

0
708
ATA

Ata da reunião da diretoria do FAM, de 07.10.2006

ABERTURA – Às 21:00h, do dia sete de outubro de 2006, na sede social e sob a presidência do Sr. Cláudio de Oliveira Magalhães, foi aberta a reunião festiva da diretoria do FAM. A oração habitual foi feita pela associada Ana Lúcia de Oliveira Magalhães, invocando o Divino Espírito Santo, para que iluminasse os membros da família no referido encontro. Em seguida, o presidente pediu ao secretário para ler a ata da reunião anterior, que foi aprovada sem restrição.

Tesouraria – O tesoureiro José Adilson fez a leitura do balancete do mês de setembro de 2006, que foi aprovado por todos. Pediu que, quem utilizasse a conta da Caixa para depositar as suas mensalidades, enviasse o comprovante pela Internet para facilitar o controle por parte do tesoureiro*. Departamento Social – Roseli Tavares falou sobre as olimpíadas do Fam e gincana a serem realizadas no dia seguinte. Discorreu sobre a programação geral e particularmente do Fam Jovem. O local estava confirmado para o clube da Caixa, no bairro Baixa Grande em Arapiraca. Lembrou a necessidade de se levar mesas e cadeiras porque o clube só dispunha de 05 conjuntos. O início do evento estava marcado para as 09:00h.

Diretor cultural – Antônio informou pesquisa de orçamentos para a confecção da estante da biblioteca do Fam. A média ficou em torno de R$ 800,00.

Palavra livre: O presidente Cláudio doou a foto da família à sede do Fam, resgatando pendência existente nos registros do clube. Falou sobre a casa da praia. Disse que tinha feito manutenção na mesma, como pintura, limpeza geral, correção de falhas , substituição de mesas, conserto da TV e substituição da antena. O imóvel ficou um chuchu. Para isto, contou com a inestimável colaboração do associado Marquinho. Com a inauguração da pracinha ao lado da casa (iniciativa do poder público local), obteve-se um conjunto harmonioso e digno da presença da família Magalhães.

Cláudio Jr deu uma satisfação sobre o não recolhimento de objetos para o museu do Fam, dizendo que na próxima reunião resolveria o problema. Marcos César aproveitou para entregar duas xícaras doadas pelas associadas Sandra e Magal, lembranças valiosas da vovó Olívia. O gesto contrariava opinião de Cláudio Jr, que achava que só ele tinha o citado objeto.

Adilson oficializou o fato de vir a ser avô. Disse: “Todos sabem que vou ser avô por livre e espontânea pressão”. Agradeceu o apoio recebido de todos. Disse que sua filha querida, Adriana, teria sofrido ameaça de aborto, mas o perigo foi afastado. Disse que fez apenas uma exigência: casamento, só depois de formada. Disse que conversou com o futuro genro e combinaram formar-se primeiro e depois, o casamento.

Betinha disse que o seu filho Wesley estava confirmado na faculdade. Agradeceu os e-mails recebidos e discorreu sobre a felicidade do filho em Viçosa, onde está estudando. Disse que o estado de saúde do mano Juraci não era bom. A provável diabetes estaria se manifestando de maneira preocupante. O paciente não colaborava para evitar a doença. Pediu o empenho dos irmãos para evitar o pior.

Miguel anunciou providências no salão da Rua Lino Rodrigues: combate ao cupim, religação de energia elétrica, etc. Agradeceu as mensagens carinhosas recebidas por ocasião do seu aniversário.

Passeio anual do Fam – Foi sugerido o valioso balneário de Maragogy para a realização do evento. Foi constituída comissão para definir o projeto – Cláudio, Antônio, e Marquinho.

Conclusão: O presidente Cláudio, feliz com mais uma reunião bem-sucedida, deu por encerrado o encontro e convidou a todos para tomar uma cervejinha.

Original assinado por:

Abel de Oliveira Magalhães

Secretário

* Conta do Fam na Caixa Econômica Federal, 7690-0, Ag. 0056, controle 013.

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

*