Ata da reunião da diretoria do FAM, de 12.08.2006

0
792

Ata da reunião da diretoria do FAM, de 12.08.2006

ABERTURA – Às 21:00h, do dia doze de agosto de 2006, na sede do Fam e sob a presidência do Sr. Cláudio de Oliveira Magalhães, foi aberta a reunião festiva da diretoria do FAM em homenagem aos pais, com a oração habitual feita pela associada Maria Bernadete Magalhães, invocando o Divino Espírito Santo, para que iluminasse os membros da família no referido encontro. Em seguida, o presidente pediu ao secretário para ler a ata da reunião anterior, que foi aprovada sem restrição.

Tesouraria – O tesoureiro José Adilson fez a leitura do balancete do mês de julho de 2006, que foi aprovado por todos. Anunciou que a conta do Fam tinha sido transferida para a Caixa Econômica Federal, sob nº 7690-0, Ag. 0056. A providência tinha a finalidade de facilitar o pagamento das mensalidades dos associados. Desta forma, cada membro do Fam pode cumprir as suas obrigações efetuando as transferências diretamente de qualquer parte do país, utilizando um dos postos de atendimento da Caixa e comunicando ao tesoureiro via e-mail.

Departamento Social – A diretora Roseli Tavares prestou a sua homenagem aos pais apresentando depoimento de cunho pessoal. Disse que foi criada com os avós e por causa disto sentiu a falta dos pais. Chamava os avós de “Tios”. Disse do valor dos pais e vice-versa. Lembrou episódio de uma sandália que teria presenteado ao seu pai. Nos últimos instantes de sua vida, ele manifestou o desejo de ser enterrado com a peça que tinha recebido de presente da filha Rose. (Veja depoimento completo, oportunamente, no Notícias do Fam on-line).

Homenagem aos ‘feras’ – O presidente Cláudio Magalhães aproveitou o ensejo para parabenizar os dependentes econômicos aprovados no vestibular da UFAL-ARAPIRACA: Raninho, Adriana Nogueira, Geraldinho e Anderson. Convocou o associado Fernando Magalhães, para fazer uma saudação aos vestibulandos. Fernando teceu considerações precisas sobre o assunto, inclusive lembrando filosofia de seu genitor que dizia nos tempos de jovem: “Trate de estudar porque não vou sustentar vagabundo”. Destacou o exemplo de sua própria vida desaguando na dedicação de suas filhas aos estudos, destacando o sucesso da Fernanda, que ingressou na OAB recentemente. Disse do valor da instalação da UFAL em Arapiraca em relação aos aprovados no vestibular. Citou estatísticas de publicações de respeito – Folha de São Paulo, CBN etc sobre o assunto e destacou o desenvolvimento econômico da China, conforme reportagem de capa publicada na última edição de Veja, com destaque para o item Nível Superior, demonstrando o atraso em que se encontra o Brasil. Disse que os aprovados no vestibular da UFAL-ARAPIRACA serão os primeiros a inscrever o seu nome na história da Instituição Educacional em Arapiraca. Finalizou manifestando os votos de muito sucesso aos jovens vitoriosos.

Margaret Jane aproveitou o ensejo para destacar a sua emoção na qualidade de mãe de um dos aprovados (Raninho). Disse que ele era um filho muito bom que, para ela, não poderia ser melhor. Lembrou que é a pessoa que faz o nome. Não adianta ter a ferramenta que tiver. Se não tiver dedicação e perseverança, não chega lá. Agradeceu o carinho das pessoas que prestigiaram a vitória de seu querido filho. Lamentou o insucesso do sobrinho Wesley, que é muito querido pelos primos e tios em geral. Betinha, na qualidade de mãe do Wesley, se solidarizou com o testemunho da sobrinha Magal e disse do seu carinho para com o sucesso dos novos feras.

Adilson anunciou a nomeação de sua filha Paulinha no Corpo Docente da UFAL-ARAPIRACA e mencionou a aprovação no vestibular, em 1º lugar, de sua querida filha Adriana Nogueira no curso de Medicina Veterinária. Disse que sua nota alcançaria o mesmo destaque em qualquer curso a que tivesse se submetido. Referiu-se à reportagem feita pela TV Pajuçara na casa da Magal, registrando a emoção dos aprovados e de suas famílias. Concluiu falando das ligações telefônicas recebidas, com destaque para a ligação do irmão mais velho José Magalhães. Este lembrou a coincidência entre ele e a sobrinha Paulinha, fazendo uma ligação entre a sua aposentadoria no gênero e o ingresso da mesma no Magistério.

Wigberto falou da sua alegria em ter dois sobrinhos aprovados no referido certame: Geraldinho e Anderson. Disse ele: “Foi uma emoção muito grande”. Falou sobre o sucesso de suas filhas. Destacou que Anne Dayse, que estava cursando Letras, vai fazer jornalismo na Ufal.

Cláudio Magalhães disse que chorou de emoção diante da aprovação dos sobrinhos. Ao mesmo tempo teria ficado triste por não estar na mesma situação, principalmente pela ausência vitoriosa de um de seus filhos no certame.

FAM-JOVEM – Em seguida, o grupo jovem da Associação se apresentou para a platéia. O líder do grupo, Raninho, agradeceu as homenagens recebidas pela aprovação no vestibular e passou a palavra para a prima Anne Dayse, que leu um texto em homenagem aos pais. Em seguida, Deninho anunciou uma brincadeira em homenagem aos pais. Consistia de perguntas para os homenageados responderem em forma de competição. O ganhador foi Betinho, que acertou 5 questões. A brincadeira foi muito movimentada e fez a alegria da platéia.

Conclusão: O presidente Cláudio, feliz com mais uma reunião bem-sucedida, deu por encerrado o encontro e convidou a todos para um coquetel em homenagem aos pais.

Original assinado por:

Abel de Oliveira Magalhães

Secretário

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

*