Ata da reunião da diretoria do FAM, de 08.12.2002

0
493

Ata da reunião da diretoria do FAM, de 08.12.2002.

A reunião iniciou às 11:00h com uma abertura especial. Em homenagem à matriarca da família, foi apresentada a música Nossa Senhora, na interpretação de Xitãozinho e Chororó. O presidente Cláudio coroou o momento, dizendo: “não sei se é a presença de membros que nunca mais vieram à reunião que o evento está mais festivo” (referia-se à presença dos casais Fernando/Ana e Williams/Suely). Em seguida, pediu ao secretário para apresentar a sua pauta. Este leu a ata referente à reunião anterior, que foi aprovada sem restrição. Leu correspondência de agradecimento à Star Computer pela colaboração para a 2ª Olimpíada do FAM; destacou matéria da Andressa publicada no NF, dizendo que achava que iria servir de motivação ao seu segmento social; lembrou o caso da Wirlene, que se acidentou durante a 2ª Olimpíada do FAM e não foi feito nenhum registro no NF (ficou acertado registro especial na próxima edição); e lembrou que só o Fernando se manifestou sobre as correspondências de agradecimento remetidas pelo Departamento Social do FAM.

Tesouraria: A diretora Vânia leu o relatório do mês:

Novembro/2002

Saldo anterior

1.598,11

Saldo atual

2.466,29

Empréstimos

Retorno de capitais

620,00

Pagamento de mesas

40,00

Total

660,00

Capitais a receber

Empréstimos

823,00

Juros de empréstimos

65,00

Total

888,00

Receitas e Despesas

Mensalidades recebidas

273,00

Recebido do Campeonato de Biriba

70,00

Despesas do período

180,00

Saldo operacional

163,00

Demonstrativo de ‘despesas’

Conta de luz

65,00

Conta d’água*

15,00

Secretária do FAM

100,00

Material de secretaria (Cartuchos da impressora, expedição de correspondências, material expediente)

0,00

Total

180,00

Outras receitas

Recebido para o próximo passeio

270,60

Total

270,60

*Parte foi doada

Departamento Social – Marcos César apresentou o pacote turístico do passeio anual do FAM, que terá como marco inicial a cidade de Própria (SE) com a seguinte programação: Ao chegar à cidade pela manhã, o grupo ficará hospedado no hotel Velho Chico, onde passará o dia desfrutando do seu conforto, inclusive com almoço. À noite, lual no rio São Francisco, via catamarã. Dia seguinte: café da manhã, catamarã e passeio a três praias do rio, com almoço incluso. O pacote fica R$ 90,00 por cabeça. O evento acontecerá nos dias 18 e 19 de janeiro de 2003. Marcos informou que foram doadas 50% das camisas sem a pintura. O Natal será no dia 24 e foi constituída comissão a cargo da associada Rose. Cláudio anunciou a vinda do associado José Magalhães no dia 14 de janeiro e a volta da Ana Lúcia no dia 20 de dezembro (Ana está prestando serviços profissionais em Brasília). Falou sobre o reveillon, que ficou decidido ser em Coruripe.

Palavra livre Suely disse de sua satisfação em estar presente à reunião e agradeceu as ligações telefônicas que recebeu no dia de seu aniversário; mandou recado para o Zé Magalhães dizendo que o suco de mangaba está esperando por ele; justificou as suas ausências às reuniões do FAM por causa de suas atividades extras com encontro de casais, que estão fazendo bem a ela e ao marido. Williams seguiu o mesmo raciocínio da esposa e disse que as sua ausências às reuniões do FAM eram apenas físicas porque espiritualmente estava presente todas as vezes. Realçou o valor da família e citou exemplos acontecidos em seus encontros em Maceió, ao mostrar o NF às pessoas e receber elogios e manifestações de vontade de conhecer a associação da família. Pediu desculpas e se disse feliz por estar no ambiente familiar. Cláudio Jr falou sobre o valor da alternância no poder, inclusive em termos de liderança. Notou a falta de primos naquele convívio. Destacou o desempenho do pai na presidência do FAM; lembrou o aniversário do Adilson e sugeriu a criação do Museu do FAM, lembrando a necessidade de se guardarem eventuais lembranças dos avós, cujo valor representa verdadeiras relíquias para a futura organização; lembrou uma frase do pai que dizia “Na falta de um representante da segunda geração, eu assumo a presidência e o FAM não sofrerá problema de solução de continuidade”. Identificado com a linha de raciocínio do pai, manifestou o desejo de prosseguir a obra do atual presidente. Miguel se referiu ao aniversário do Adilson e a homenagem que o Zé Magalhães fez ao seu neto Matheus no NF. Dispensável dizer de sua emoção. Antônio agradeceu a presença dos “ausentes”, numa referência aos casais Fernando/Ana e Williams/Suely. Parabenizou o Adilson em seu aniversário; homenageou a Lurdinha pela sua freqüência e dedicação ao FAM; ao Fernando, pelo que registrou no NF sobre a família; citou passagem acontecida num logradouro público da cidade em que uma pessoa indagou-lhe sobre qual a sua família. O personagem se identificou como Magalhães e demonstrou vontade de conhecer melhor o movimento; disse que recebeu telefonema de um padre no interior do Paraná dizendo-se Magalhães e que queria conhecer a cidade de Arapiraca e a família.

Arapiraca, 08 de dezembro de 2002.

Original assinado por

Abel de Oliveira Magalhães – Secretário

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

*