Ata da Reunião da Diretoria do FAM, de 14.07.2002

0
599

Ata da Reunião da Diretoria do FAM, de 14.07.2002.

A reunião iniciou às 11:00h com a oração do Pai Nosso e Ave Maria, feita pela associada Ivany, em respeito à memória da matriarca da família d. Olívia. Em seguida, o presidente pediu ao secretário para apresentar a sua pauta. Este fez a leitura da ata referente à reunião anterior, que foi aprovada sem restrição. Leu também um documento escrito pelo arapiraquense Dr. José Pereira Neto intitulado Diocese de Arapiraca – lembrar é preciso”. A assembléia aprovou decisão no sentido de reproduzir o documento e remeter aos meios de comunicação da cidade, visando dar ampla publicidade ao assunto (o documento será publicado na íntegra na próxima edição do Notícias do FAM.)

Visitas: por se acharem presentes ao recinto, o presidente Cláudio Magalhães deu as boas vindas ao casal Francisco Jr e esposa, e ao associado Sérgio Ricardo Magalhães, que reside em Tocantins e estava prestigiando o acontecimento.

Tesouraria: A diretora Vânia leu o relatório do mês:

Maio/2002

Saldo em poupança

1.404,84

Demonstrativo operacional

Recebido parcela restante do passeio

115,00

Retorno de empréstimo

260,00

Total

375,00

Capitais a receber

Empréstimo concedido

1.272,00

Total

1.272,00

Receitas e Despesas

Mensalidades recebidas

189,00

Despesas do período

227,08

Saldo operacional

-38,08

Demonstrativo de ‘despesas’

Conta d’água

20,00

Conta de luz

60,00

Secretária

50,00

Despesas com fotografias

11,50

Material de informática

49,90

Ornamentação festa do penta

28,33

Despesa com Correios

7,35

Total

227,08

Outras receitas

Bilhetes sorteio de uma fruteira

150,00

Recebido para o próximo passeio

48,00

Recebido para compra de mesas

130,00

Total

328,00

Corrigindo falha: O presidente observou que a despesa da ornamentação da festa do penta tinha sido rateada pelos associados presentes à reunião anterior, conforme registro efetuado na ata. A tesoureira informou que só tinha recebido R$ 14,00 dos R$ 28,00. Por isto teria debitado o FAM. Um associado resolveu o problema quitando o resto da dívida. No próximo balancete o lançamento será revertido.

Mesas, bilhetes, passeio: A tesoureira informou que as mesas doadas ao FAM seriam compradas este mês. Apenas dois doadores tinham pago a sua cota. O presidente autorizou a compra das mesas com dinheiro do FAM, na condição de serem ressarcidas na próxima reunião; os bilhetes para sorteio da fruteira doada pelo associado Antônio Magalhães não tinham sido pagos no total. O presidente autorizou o sorteio incluindo os não pagantes, na condição de eles serem responsabilizados; finalmente, a tesoureira informou que um associado estava efetuando o pagamento antecipado do próximo passeio – uma boa idéia para ser seguida.

Direção SocialMarcos César lembrou o sucesso do São João e principalmente a movimentação do penta campeonato. Destacou o trabalho de todos que contribuíram para o grande sucesso, principalmente da associada Rose; falou do NF e do Wirley, pela apresentação cultural efetuada pela sua filha Lúcia Helena. Sobre as Olimpíadas que estavam previstas para o mês de julho, disse das dificuldades enfrentadas e as reprogramou para o mês de setembro. Solicitou o apoio de todos, inclusive doação de camisas e troféus. Lembrou que no próximo mês haverá o Dia dos Pais e promoverá homenagens aos mesmos. Falou sobre a necessidade de aprimoramento do almoço no dia das reuniões. Ficou decidido que o churrasco continuaria sendo a base da alimentação, com a entrada de outros pratos.

Cultural: O diretor Wirley parabenizou a associada Ivany pela sua atuação nas festividades do penta campeonato. Falou sobre o MOCE (Movimento Cultural e Estudantil), do qual faz parte, entidade criada em 1975, com sede própria e hino (autoria de seu pai Geraldo Leite Cavalcante). Disse que uma das finalidades do Movimento é desenvolver a liderança do jovem. Disse que o MOCE lembrava o FAM. Tentando aproximar as partes, anunciou que o presidente da agremiação participaria da próxima reunião da diretoria do FAM. Em seguida, anunciou o seu filho Wirley Erick para se apresentar pela primeira vez em público (voz e violão). Mesmo tenso, o filho demonstrou firmeza e conseguiu envolver a platéia, que vibrou com a sua apresentação. Ato contínuo, Isabela (filha de Marcos César) declamou o poema “Não recebi nada do que pedi”, com Erick ao violão. Foram bastante aplaudidos. Finalizou agradecendo ao Dênis (ausente à reunião) pelos serviços profissionais dispensados a um seu parente.

Palavra livre: Francisco Júnior, presente à reunião por convite do presidente, disse de sua satisfação em estar ali e de ser Magalhães, apesar de não aparecer no seu nome. Agradeceu o apoio recebido no pleito anterior (foi candidato a vereador); disse que é diretor do ITERAL (autarquia estadual) e sugeriu o ingresso de um Magalhães na política…Vânia, falando em nome de Cristina, (que está fazendo curso de noivos) anunciou o seu casamento para o dia 27/07/02; que será uma cerimônia simples na cidade de Arapiraca. Pediu desculpas por não haver distribuição de convites. Antônio pegou ‘gancho’ na matéria do Fernando, publicada no JN e destacou a necessidade de o FAM melhorar a sua capitalização. O presidente se congratulou e lembrou que o pagamento das mensalidades já seria um bom começo. Antônio manifestou o seu contentamento pelas conquistas alcançadas pelo FAM e agradeceu a quem de direito. Sérgio falou do seu sentimento sobre a família e o FAM. Estabeleceu comparações entre Alagoas e Tocantins, onde vive e sugeriu a elaboração de projetos nas atividades do FAM, a exemplo do que acontece com as atividades escolares onde atua. Arrematou dizendo que só há sucesso onde há planejamento. Cláudio agradeceu. Suely usou da palavra para dizer que estava feliz por se encontrar no seio da família. Williams justificou ausências anteriores por falta de tempo para comparecer em face de compromissos assumidos. Disse que gostaria de estar sempre no FAM. Cláudio Jr agradeceu ao Francisco Jr por se considerar ‘Magalhães’ e por ter conduzido com sucesso o processo de seu divórcio. Realçou o valor de se fazer projeto, numa alusão às palavras do Sérgio e parabenizou o diretor Wirley pela sua atuação como diretor, bem como a atuação da diretoria e principalmente o presidente. Adilson disse que, apesar das boas idéias, o importante é o objetivo do FAM – o congraçamento. Agradeceu ao editor do NF pela matéria do seu filho Alysson. Acrescentou que as duas medalhas que estavam faltando já foram entregues e o seu filho estava muito satisfeito. Cláudio anunciou que tinha recebido telefonema do associado Fernando justificando a sua ausência. “O Williams compareceu. O Fernando ainda não me prestigiou” – desabafou. Agradeceu o apoio por ocasião do penta campeonato brasileiro, razão maior do grande sucesso. Destacou, mais uma vez, a atuação da Rose na citada festividade e agradeceu pela sua colaboração. Sorteio: quem ganhou a fruteira foi Criscyane, neta do presidente. Em clima de festa, a reunião foi encerrada e todos foram para uma churrascaria para um merecido almoço em família.

Arapiraca, 15 de julho de 2002.

Original assinado por

Abel de Oliveira Magalhães – Secretário

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

*