Ata da Assembléia Geral Ordinária do FAM, de 27 de janeiro de 2002

0
573

Ata da Assembléia Geral Ordinária do FAM, de 27 de janeiro de 2002

ABERTURA – Aos vinte e sete dias do mês de janeiro de 2002, às 11:30h, o sr. Presidente Williams Leite Magalhães abriu o evento dando as boas vindas aos associados e agradeceu o apoio recebido de todos. A associada Bernadete foi convocada e fez uma invocação a Nª Sª em nome de d. Olívia, convidando a todos para rezarem um Pai Nosso e uma Ave Maria. Em seguida, o Presidente solicitou que a assembléia nomeasse um membro da platéia para dirigir os trabalhos. Como de hábito, foi eleito por aclamação o associado José de Oliveira Magalhães, que agradeceu a escolha. Dando início aos trabalhos, convocou o associado Abel de Oliveira Magalhães para secretariar. Leu, em seguida o Edital de Convocação vazado nos seguintes termos: “Com base nos artigos 36, 37 e 38 do Estatuto da Associação da Família Magalhães – FAM, situada na rua Ver. Benício Alves de Oliveira, 328, Cacimbas, Arapiraca (AL), ficam convocados os senhores associados para se reunirem em Assembléia Geral Ordinária a se instalar no próximo dia 27 de janeiro de 2002, (domingo), na sede do FAM, às 09,00 horas em 1ª convocação, com a presença de sócios que representem 2/3 dos associados, e às 09,30 horas com qualquer número, a fim de deliberarem sobre a seguinte ordem do dia: a) Deliberar sobre a prestação de contas do exercício de 2001, compreendendo o Relatório do Conselho de Administração, os balanços e demonstrativos das contas patrimoniais e de resultados do primeiro e segundo semestres de 2001, o parecer do Conselho Fiscal e a destinação das sobras líquidas; b) Aprovar o orçamento do exercício seguinte; c) Aprovar a anuidade e/ou mensalidade do novo período administrativo; d) Eleger o Conselho Deliberativo e Fiscal; e) Outros assuntos. Arapiraca (AL), 20 de janeiro de 2002; Original assinado por: Antônio de Oliveira Magalhães, Presidente do CD e Miguel de Oliveira Magalhães, Secretário do CD.” Seguindo o Edital, foi feita a leitura do relatório de Administração, aprovado com aplausos. Em seguida, tivemos a apresentação da Previsão Orçamentária com os seguintes números: Previsão de receitas – R$ 3.500,00; Previsão de despesas – R$ 5.100,00. O documento foi discutido e aprovado pela assembléia. Ficou a consciência de a nova diretoria lutar para reverter a situação. A seguir, foi feita a apresentação do Relatório Final da Tesouraria, cujos números foram os seguintes:

Receitas

Saldo anterior

2.157,68

Receitas do período

9.275,44

Total

11.433,12

Despesas

Despesas do período

9.969,65

Saldo operacional

1.463,47

O relatório foi aprovado por unanimidade.

Nova mensalidade: A Assembléia aprovou uma nova mensalidade para o exercício de 2002 – passou de R$ 5,00 para R$ 7,00. Williams teve sugestão aprovada no sentido de se adquirir uma nova impressora para o NF. O dinheiro viria da economia do atual sistema de impressão a custo zero. O editor foi autorizado a comprar uma impressora Epson Stylus Color 880 porque, de acordo com a experiência da Vaninha no gênero, ela mais eficiente do que a Epson 777 e os cartuchos bem mais baratos. Cláudio teve sugestão aprovada no sentido de a nova diretoria ter poderes de anistiar mensalidades de acordo com o caso apresentado.

Conselho Deliberativo e Fiscal – Em seguida foi feita a eleição do novo Conselho Deliberativo e Fiscal. Apenas uma chapa se apresentou e ficou assim constituída – Efetivos: Abel de Oliveira Magalhães, Antônio de Oliveira Magalhães, Cláudio de Oliveira Magalhães, Cláudio de Oliveira Magalhães Júnior, Eliane Magalhães Leite, Elisângela Cristine Chaves Magalhães, Ilda de Góis Magalhães, Ivany de Oliveira Magalhães, Ivonete Ferreira Magalhães, José Adilson de Magalhães. Suplentes: José Denis Moura de Araújo, José de Oliveira Magalhães, José Raniery Ferreira, Juraci Nunes de Magalhães, Márcia Cristina de G. Magalhães, Márcio Rogério de G. Magalhães, Marcos César de G. Magalhães, Margaret Jane Magalhães Ferreira, Maria Bernadete Magalhães Cavalcante e Maria Elizabete Magalhães Souza. A chapa foi aprovada por unanimidade.

Conselho Fiscal – Ficou assim constituído: Efetivos: Miguel de Oliveira Magalhães; Miguel de Oliveira Magalhães Jr e Roseli Tavares de Lima Magalhães. Suplentes: Rosivânia Vieira Fidélix de Magalhães, Sandra Ferreira Magalhães e Suely Cavalcante Magalhães.

Em “Outros Assuntos”, o Presidente da AGO elogiou o desempenho da diretoria findante, com destaque para o desempenho do presidente Williams e a tesoureira Sandra, a qual fez um belo trabalho no setor; elogiou o trabalho do diretor cultural Carlinhos pela encadernação dos jornais NF, inclusive os números de 2001 enriquecidos com a árvore genealógica produzida pelo associado Márcio Rogério, a quem pediu para enriquece-la com novas inserções; agradeceu oficialmente ao Denis pela aquisição do ônibus para o passeio anual do FAM, pedindo inclusive que a diretoria providenciasse um ofício em agradecimento. Não esqueceu também de realçar o belo trabalho do diretor de esportes e lazer, Sr. Cláudio Jr, pela bem sucedida iniciativa da 1ª Olimpíada do FAM. Antônio sugeriu alteração do estatuto do FAM para ingresso de pessoas que não pertencem ao tronco familiar. O assunto ficou para ser estudado numa AGE. Williams apresentou justificativa pela ausência da diretora social Ana Machulis. Denis agradeceu referência sobre o ônibus e se colocou à disposição de todos. Marcos César realçou a nova atuação do FAM sob os auspícios da 2ª geração; deu sugestão para capitalização do FAM como meta principal da nova diretoria. Juracy manifestou preocupação com o recolhimento da mensalidade. Disse que as pessoas bem-intencionadas fazem um sacrifício e pagam a sua obrigação todos os meses, o que não acontece com os que pensam diferente. Estes acumulam as mensalidades e ficam impossibilitados de honrar o seu compromisso. Wirley apresentou carta da sra. Marilene Magalhães Leite oficializando o seu afastamento do FAM. Maria Elizabete parabenizou a diretoria que saiu e se colocou à disposição da nova. José disse: “Eu me reenergizo com o meu retorno a Alagoas. Sou muito bem tratado pelos meus irmãos e isso me dá a sensação de ser um rei. Muito obrigado a todos.” Com essas palavras, a AGO foi encerrada.

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

*