SUMÁRIO DA REUNIÃO DA DIRETORIA DO FAM, DE 10.05.98

0
515
ATA

SUMÁRIO DA REUNIÃO DA DIRETORIA DO FAM, DE 10.05.98

Prezado associado,

abaixo, o resumo da reunião sob referência.

Abertura – Fernando abriu o encontro. Passou a palavra ao Tesoureiro que apresentou os seus formulários devidamente preenchidos (Relatório Operacional – Orçamento/98 versus Realizado) e Balancete do mês.

A posição financeira do mês é a seguinte:

Nome

Valor em R$

Saldo em poupança

886,75

Empréstimo

4.175,00

Total

5.061,75

Receitas

125,00

Despesas

118,89

Saldo operacional

6,11

Empréstimos: Adilson comunicou o fechamento da Drogaria Nogueira. Disse que estava solucionando as pendências e que o empréstimo de R$ 1.000,00 junto ao FAM só poderá ser definido após a citada regularização. Nos próximos 30 dias definiria o problema. O Presidente reforçou pedindo que ele trouxesse um perfil definido sobre o assunto para a próxima reunião e recomendou que ele não se acomodasse ante o pretexto da crise.

Tele-conferência: O Presidente cobrou do associado Cláudio Júnior a pauta referente ao assunto. Este alegou sobrecarga de trabalho nos últimos dias inclusive devido à Micaraca e mostrou algumas fitas de vídeo sobre o assunto, com destaque para uma intitulada “Vencendo o medo de vencer”. Prometeu se organizar para a próxima.

Direção de Patrimônio: Cláudio disse que estava tendo dificuldade em conseguir as informações do setor. O Presidente solicitou que ele apresentasse uma relação do patrimônio do FAM na próxima reunião. Marcos César aproveitou para doar ao FAM duas barracas e vinte conjuntos de mesas e respectivas cadeiras de sua propriedade. Cláudio informou que tinha dado entrada no Cartório Civil do pedido do CGC do FAM, para a abertura de conta-corrente no Banco. Realçou o valioso serviço do advogado-amigo Dr. José Ventura Filho, que legitimo com sua assinatura toda a documentação do FAM para fins de registro em Cartório. Solicitou da Secretaria o envio de uma correspondência de agradecimento ao citado causídico, pelos serviços prestados. Destacou o artigo do Presidente “A Queda de Paradigma, o Grande Desafio”, pedindo que se registrasse em ata um voto de louvor pela oportuna mensagem transmitida aos associados. Fernando aproveitou para explicar o termo ‘paradigma’, citando exemplos.

Direção social: Cláudio Júnior submeteu à apreciação da diretoria despesa de R$ 35,00 ocorrida com confecção de faixas para uma passeata pela paz, onde compareceu grande número de associados do FAM e que teve grande repercussão na cidade, que foi objeto, inclusive, de matéria publicada no jornal Notícias do FAM, edição nº 21. O pleito foi atendido com a advertência do Presidente para evitar tais procedimentos, apresentando o projeto para apreciação antes de sua execução. Elogiou muito o jornal; lamentou não ter feito matéria sobre o sucesso da Micaraca,; anunciou que está vendendo uma linha telefônica com prefixo 530 e finalizou anunciando novo show de pára-quedismo em Arapiraca nos dias 5, 6 e 7 de junho próximos, com a participação do Presidente Fernando. Miguel manifestou o desejo de realizar um campeonato de biriba, ficando previsto para o próximo mês de julho.

Esporte e Lazer: Wirley Carles teve aprovado projeto de construção da quadra de esportes no montante de R$ 300,00 sem ônus para o FAM. Teceu considerações ao artigo do Presidente, inclusive com discordância para alguns aspectos enfocados.

Secretaria: Abel doou o livro 1000 que fizeram o século, organizado e distribuído por Istoé/The Time; anunciou a distribuição do jornal Notícias do FAM, edição nº 22 e cobrou a atuação do Conselho Fiscal, conforme alíneas ‘b’, ‘c’e ‘d’, do artigo 32, Capítulo V, do Estatuto do FAM.

Marcos César fez críticas ao estilo de administrar da nova diretoria dizendo que deveria haver menos projetos e mais ação; Presidente deveria ser o líder e porta-voz dos diretores e Corrigir a postura pessimista vislumbrada na nova diretoria.

Encerramento: O Presidente agradeceu o apoio recebido pelo seu artigo e justificou o seu estilo de administrar com realce para a busca de novo direcionamento nas atividades do FAM. Falou sobre a construção do poço artesiano. Disse que achava muito difícil a sua construção pelos caminhos tentados nos últimos dias. Por isso precisava encontrar solução. O modo mais seguro seria via agente financeiro. Para isto precisava consensar dois aspectos: Criar uma empresa com as terras da família e elaborar um projeto agrícola. A idéia foi aprovada por todos e o Presidente ficou com a incumbência de liderar o processo.

Original assinado por

Abel de Oliveira Magalhães

Diretor Secretário

Lista Telefônica:

Favor efetuar as seguintes correções:

234-3993 – Carla – Retirar

225-3591 – Eline/Chico – substituir por 286-1697

Mudança de endereço:

Betinho – Rua Francisco Leão, 43, Quadra C. Bloco 1/301 – Farol – Maceió – AL 57052-060

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

*