Ata da reunião da diretoria realizada em 16.01.94

0
29393

Ata da reunião da diretoria realizada em 16.01.94

Com a presença dos diretores/associados Cláudio, Antônio, Juracy, Maria Elizabete, Ana Lúcia, d. Olívia e Miguel, aconteceu mais uma reunião da diretoria do FAM, na residência de D. Olívia Nunes de Magalhães. O Presidente Cláudio abriu a reunião solicitando do Secretário a leitura da ata da reunião anterior, que sofreu uma modificação. Trata-se do registro da entrega de um cheque de CR$ 230,00 (duzentos e trinta cruzeiros reais), referente a prestação de contas dos Oitenta Anos de D. Olívia, que o Presidente tinha feito e não ficou registrado. No item “Correspondências Recebidas e Expedidas”, o Secretário fez a leitura de uma correspondência de agradecimento endereçada ao Sr. Edson Barbosa Souza, pelo patrocínio do material timbrado do FAM. Na seqüência, Cláudio iniciou fazendo a prestação de contas da Confraternização Natalina, que ficou assim:

Refrigerantes, carne para churrasco, etc

18.775,00

Compras de supermercado, armarinho, etc

17.682,00

Bebidas

14.597,00

Faxineira

1.000,00

Total

52.034,00

Foi sacado da conta do FAM CR$ 52.000,00 (cinqüenta e dois mil cruzeiros reais) no dia 03.01.94, após o crédito de todas as correções das poupanças do mês de dezembro/93. Foi Pago CR$ 1 mil a uma ajudante sem debitar o FAM e a doação de um litro de wiske (isto da parte do Presidente Cláudio, bem como a doação de um carneiro por parte do casal Edson Souza e Elizabete. Vale salientar que as sobras verificadas foram utilizadas em congraçamento da família nos dias subseqüentes, sábado e domingo, com almoço e bebidas, inclusive no sítio da matriarca D. Olívia. Cláudio apresentou três extratos da conta do FAM com base em novembro (CR$ 172.473,31); dezembro (CR$ 231.794,68); e 04.01.94 (CR$ 195.124,20), aí deduzidas as despesas natalinas. O item seguinte foi dedicado à programação da Assembléia Geral Ordinária prevista para o dia 30.01.94. O Tesoureiro ficou incumbido de confeccionar o balanço do exercício findo. Ficou definido um churrasco no sítio de D. Olívia logo após a Assembléia. O referido churrasco será preparado e servido pelo Sr. Antônio Pitôta e seu Buffet. Na AGO será eleito/escolhido o Sócio 100%. (Nesse instante, entrou no recinto um amigo da família, Sr. Bezerra Neto e esposa d. Sônia, que aproveitou e teceu comentários elogiosos à organização, dizendo inclusive que, se todas as famílias agissem da mesma forma, o mundo seria bem melhor.) Continuando, o Presidente fez referência aos imóveis de D. Olívia. Ficou definido o valor de CR$ 15.000,00 durante três meses para o aluguel do imóvel da Rua Lino Rodrigues, com vencimentos para o dia dez do mês subseqüente. Ao comunicar o novo valor para o locatário, não esquecer de informar que o imóvel continua disponível para venda. Quanto ao imóvel da Praça Rosendo Vieira Lima, ficou decidido que o Presidente irá entrega-lo à Corretora do Sr. Nildo Gomes para administrar o seu aluguel. O Presidente terá autonomia para fixar valores. Ficou também decidido que dez tarefas de terras de D. Olívia, na Fazenda Magalhães, seriam arrendadas à Sra. Ilda de Góes Magalhães e seu filho Marcos César, para pagamento através de 50 kg de fumo-em-corda curado, por tarefa, num total de 500 kg. No item “Informações e Propostas”, foram apresentadas duas propostas de ingresso no FAM (Roseli Tavares de Lima Magalhães e Ivonete Ferreira Magalhães), que foram aprovadas por unanimidade. O Presidente aproveitou para informar o plano de chegada dos parentes que residem fora do Estado e a maneira de recepciona-los. Fernando tem chegada prevista para o dia 18.01.94, ao meio dia; José, às 02:00h da madrugada do dia 19.01.94 e Ivany, Raul e Sr. Júlio Magalhães, às 11:00h do dia 20.01.94. Cláudio irá receber Fernando; Abel irá receber José e Edson Receberá Ivany. Abel e Cláudio combinaram apanhar Fernando e esperar pelo José, fazendo uma viagem conjunta. Com relação à Ivany, houve mudança de idéia. Decidiu-se pela possibilidade de se contratar um micro-ônibus, juntar a família e ir recepciona-la no aeroporto, com direito a faixa de boas vindas, fanfarras e tudo mais. Cláudio ficou com a incumbência de viabilizar a contratação do micro-ônibus. D. Olívia pediu aos filhos que não tivessem pena de colaborar para a bolsa de estudos do Seminário Diocesano. Citou o sermão do Pe. Guimarães, que realçava o valor de tais iniciativas, dizendo que era o maior investimento da vida. O Tesoureiro aproveitou e pediu autorização para confeccionar um talão de “recibos” para uso da tesouraria, no que foi atendido. Nada mais havendo a tratar, lavrei a presente ata que vai datada e assinada por mim e pelo Presidente e será submetida à apreciação da diretoria na próxima reunião.

Arapiraca (AL), 16 de janeiro de 1994

Cláudio de Oliveira Magalhães Abel de Oliveira Magalhães

Presidente Secretário

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

*